Homem bate em mulher e tenta agredir PM para não ser preso

Durante deslocamento para Santa Casa de Bataguassu e também na delegacia da Polícia Civil do município, homem de 43 anos fez diversas ameaças a policiais militares que faziam sua escolta. Ele tentou amedontrar os atendentes do hospital e fez ameaças a familiares dos PMs.

Pedro Pereira Magalhães Neto, 43 anos, tinha sido preso porque agrediu a companheira dele por volta do meio-dia de hoje. Ele, inclusive, disse à vítima, de 50 anos, que a mataria se ela chamasse a polícia. Antes de ser detido, ele tentou fugir pulando muro, mas foi contido depois de ter entrado em 20 residências.

O suspeito só parou de fugir porque tentou atacar um PM e sofreu um tiro de arma não letal na altura da coxa. Ele precisou ser levado para a Santa Casa de Bataguassu para passar por exames.

O desacato aos PMs aconteceu por volta das 13h de hoje, cerca de uma hora depois das agressões que ele cometeu na companheira. “Eu sei onde mora cada um de vocês seus c***. Deixa eu só sair da cadeia”, ameaçou o homem enquanto era levado para o hospital.

Apesar de os PMs tentarem conversar com o suspeito, ele não permaneceu quieto. Mesmo sendo atendido no hospital, o homem proferiu diversas ameaças e desacatos e quem estava na unidade de saúde para atendimento ficou incomodado com a situação.

De volta para a delegacia, o suspeito voltou a atacar verbalmente os policiais militares. Nesse momento, ele afirmou que conhecia os PMs e ainda iria atacar familiares deles.

O delegado Guilherme Scucuglia Cezar registrou a ocorrência como ameaça contra o homem, além de ter feito o boletim de vias de fato (violência doméstica). A vítima das agressões não havia comparecido à delegacia até as 16h20 de hoje.

Fonte: C.E

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: