Homem atropelado por rolo compressor de 25 toneladas sobrevive: “Foi a mão de Deus”

Chris trabalhava como construtor, um ofício que pode levar a alguns riscos. Mas, ele não imaginava que algo tão “pesado” poderia lhe acontecer. Em um dia normal de atividade, ele sentiu algo puxar seu pé. “De repente, começou a chegar e prendeu meu pé esquerdo. Eu fui derrubado, fui ao chão. Passou pela minha cintura e foi até o meu peito. Comecei a cuspir um monte de sangue. Não conseguia respirar”, lembrou ele do dia marcante.

Chris estava colocando asfalto em um canteiro de obras. Em um piscar de olhos, ele estava lutando por sua vida enquanto era esmagado por um rolo compressor de 25 toneladas. Seu pai, Jason, que era sócio da empresa, correu para o local do acidente assim que recebeu a ligação.

“Quando cheguei, Christopher estava no chão e ele estava cercado por bombeiros. Eu me aproximei e comecei a chamar o nome de Chris: ‘Você está bem? Você está bem?'”. O rapaz acidentado foi levado para um pronto socorro em Amarillo (Texas – EUA). A mãe de Chris, Nicole, já estava lá quando Jason chegou.

“Nós nos abraçamos, oramos. Ficamos esperando. E então, o restante da família começa a entrar. E isso foi realmente útil”, diz Nicole. Depois de alguns minutos, o médico do trauma veio falar com os pais. Jason lembra bem. “E ele balançou a cabeça e ele disse: ‘Eu serei honesto com você. Não parece bom. Eu não acho que ele vai conseguir’. Ele ainda disse: ‘Nós não podemos lidar com isso neste hospital. Ele está indo para Dallas ou Lubbock’. E naquele momento, houve um peso esmagador sobre nós”, contou.

O poder da oração

A mãe de Chris diz que houve um momento de pânico ao ouvir a notícia. “Fizemos uma oração honesta. Foi Cristo através de nós”. Chris foi levado para o Centro Médico Universitário em Lubbock. Enquanto isso, as orações que começaram no pronto socorro continuaram na longa viagem de duas horas até o hospital. “Na viagem a Lubbock, oramos juntos como família”, disse Nicole. “Foi muito silencioso, uma jornada muito silenciosa”.

O cirurgião ortopedista Mark Jenkins e sua equipe estavam prontos quando Chris chegou. “Quando ele entrou, ele estava em estado crítico. Um lado de sua pelve foi completamente solto e foi pego na parte anterior do sacro. A quantidade de energia necessária para causar essa lesão geralmente leva ao sangramento interno. Nós simplesmente não vemos esses ferimentos porque a maioria das pessoas literalmente sangram até a morte antes de chegarem ao hospital”, disse Mark.

Durante a cirurgia, os médicos descobriram que Chris tinha seis costelas quebradas, várias artérias e ligamentos cortados e graves danos ao fígado. Ele também passou por 30 unidades de sangue. A família de Chris criou uma página no Facebook, chamada “Pray for Chris” (Orem pelo Chris). “Milhares e milhares de pessoas passaram a orar por um homem que nem conheciam”.

Após seis horas de cirurgia, o Dr. Jenkins falou com a família. “Pelo que eu entendo, o que me foi dito, o Dr. Jenkins entrou e realizou essa cirurgia para estabilizar esses ossos da pelve em tempo recorde”, disse Jason. “Foi quase perfeito. Mas, quando refletimos sobre isso, entendo que foi a mão de Deus o tempo todo”. Os médicos esperavam que Chris ficasse em reabilitação por três meses. “Ele fez os exercícios que lhe disseram para fazer e lutou com muita dor”, disse Jason. “A dor foi bastante intensa. E constante. Começamos a ver os resultados de sua fisioterapia dentro de poucos dias”.

Em dois meses, ele estava pronto para ir para casa. Todo mundo que conhece Chris diz que sua recuperação foi um milagre. “Eu absolutamente acredito que foi um milagre”, diz Nicole. “Eu senti. Eu vi. Quero dizer, a presença de Deus estava ao seu redor. Foi fantástico”.

“Deus colocou todas as coisas no lugar, quase perfeitamente, para que Chris tenha 100% de chance de sobreviver”, disse Jason. “Não há outra maneira de explicar isso”, colocou Chris “Eu pensei sobre isso e o que eu ouvi dos médicos, e eles pensaram que eu ia ficar meses no hospital. Em apenas dois eu comecei a andar. Não posso explicar isso. É realmente um milagre”, finalizou.

Fonte: CBN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: