Mercado de Trabalho de MS inicia recuperação e gera mais de 700 vagas em outubro

Mato Grosso do Sul gerou 722 vagas de emprego em outubro, com bom desempenho do Comércio, Serviços e Agropecuária. Os dados divulgados nessa segunda-feira (20.11) pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged ) mostram recuperação do mercado de trabalho estadual.

A chegada do fim do ano começa a acelerar as contratações do comércio, que gerou 754 vagas de emprego no mês. A agropecuária foi responsável por 310 postos de trabalho, em consequência do período de colheita do milho safrinha e plantio da soja em todo o Mato Grosso do Sul.

A geração de 250 vagas no setor de Serviços reforça a ideia da força do setor terciário na economia estadual. A Indústria de Transformação foi responsável pela abertura de 93 postos de trabalho e os Serviços Públicos e a Extrativa Mineral também geraram vagas, com 39 e quatro, respectivamente.

Em contrapartida, a Construção Civil manteve a tendência de queda, com fechamento de 720 vagas de emprego no mês. Resultado da desaceleração do setor aliado ao término de obras pelo Estado.

De janeiro a outubro de 2017, Mato Grosso do Sul acumula saldo de 2.501 novas contratações sendo determinada principalmente pelo setor de Comércio e Serviços que geraram juntos 3.908 novas vagas de emprego formal para esse mesmo período.

Os municípios que mais geraram novas vagas em outubro foram Campo Grande, com 574 novas vagas e Dourados com 263 novas vagas. Em relação a Dourados, o município já acumula de janeiro a outubro de 2017 cerca de 942 novas vagas geradas de emprego formal. No mês passado, Três Lagoas fechou 599 postos de trabalho.

Priscilla Peres – Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro) 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: