TCE-MS promove alterações no cadastro dos órgãos jurisdicionados

RN7
0 0

O Diário Oficial do Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul de segunda-feira, 14 de dezembro, traz a Resolução nº 137, que altera e acrescenta dispositivos à Resolução nº 65, de 13 de dezembro de 2017, que dispõe sobre o Cadastro dos Órgãos Jurisdicionados ao Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul, bem como dos Responsáveis pelas Unidades Gestoras no Sistema e-CJUR.

As alterações foram feitas considerando a necessidade de atualizar o Sistema e-CJUR que trata do Cadastro de jurisdicionados no âmbito do TCE-MS e a necessidade de ajustes na representação processual por advogados; também que os responsáveis pela gestão de atos de pessoal devem ser cadastrados no Sistema e-CJUR; a eleição de novos Prefeitos e a consequente alteração nas equipes de apoio aos gestores municipais e que os responsáveis pelas Unidades Gestoras devem informar no sistema sua qualificação completa para fins de identificação perante o TCE-MS.

Veja abaixo a íntegra do que foi alterado:

Art. 2º

II – A qualificação completa dos responsáveis em cada unidade gestora, compreendendo-se como tal: nome completo, filiação, data de nascimento, e-mail válido, telefone fixo e celular, domicílio e residência, número da Cédula de Identidade (RG), número no Cadastro de Pessoa Física (CPF) e o número do título de eleitor, de cada um, bem como cargo, tipo de atribuição e data da posse no cargo.

Art. 6º Compete à Secretaria de Controle Externo do Tribunal de Contas, por meio da unidade de auxílio técnico competente, a análise, homologação e atualização das informações encaminhadas pelas Unidades Gestoras.

Art. 7º

O prazo de cadastro, alteração ou extinção de unidades gestoras no sistema e-CJUR, bem como o envio dos documentos constante no Manual de Peças Obrigatórias, é de até 15 (quinze) dias úteis da criação, alteração ou extinção da UG.

Art. 14

O prazo para cadastro, edição ou exclusão de responsáveis por unidades gestoras, bem como o envio dos documentos constante no Manual de Peças Obrigatórias, é de até 15 (quinze) dias úteis após o ato de nomeação.

Ainda foram acrescidos os seguintes dispositivos:

Art. 4º

X – Advogado: profissional regularmente inscrito na Ordem dos Advogados do Brasil, que, mesmo sem procuração, salvo nos casos sob sigilo, terá acesso amplo e irrestrito a todos os processos findos ou em andamento no Tribunal, físicos ou eletrônicos, assegurando-lhe, ainda, vistas dos autos, retirada em carga, extração de cópias e o peticionamento nos mesmos.

Art. 9º

§ 4º. O advogado devidamente cadastrado no Sistema e-CJUR representará o jurisdicionado mediante peticionamento com procuração formalizada no processo, ficando automaticamente vinculado a esse.

Art. 12

IX – Responsável por Atos de Pessoal: responsável pela gestão, documentação e procedimentos relacionados ao quadro de pessoal, atos de admissão de pessoal, concurso público, folha de pagamento e benefícios previdenciários.

Tania Sother

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleppy
Sleppy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Deixe uma resposta

Next Post

Preso mais um suspeito de matar jovem na porta de hospital do AC no dia do aniversário

Mais um suspeito da morte do jovem Thiago da Silva Oliveira, assassinado no dia 30 de setembro, foi preso pela Polícia Militar (PM-AC) neste sábado (12). O suspeito é um rapaz de 21 anos que foi achado próximo de um estádio de futebol de Senador Guiomard, no interior do Acre. Thiago […]