Toque para recolher às 20h a partir desta quarta-feira

RN7

O aumento de casos, mortes e interações do Covid-19 em Campo Grande motivou a Prefeitura de Campo Grande a tornar mais rígidas algumas regras para o enfrentamento de coronavírus. Uma delas é o toque de recolher, que volta a vigorar das 20h às 5h a partir desta quarta-feira (8).

Marcos Trad (PSD), um dos principais fatores de motivação para diminuir o número de acidentes de trânsito que ocorreu durante a noite, com as que estão ocupando leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI). ), que pode ser usado para pacientes com quadro grave de Covid-19.

“Um taxa de ocupação dos leitos da UTI chegou a 72% e detectou que parte boa [dos pacientes] era da vida noturna. Os leitos não são apenas para pacientes com coronavírus, temos que estar preparados para todos, para receber ou que infarta, que tem um derrame, efisema, ou aquele que está andando nas ruas e num acidente precisa ser causado por uma UTI “, disse Trad.

Segundo ou prefeito, apenas nos últimos cinco dias, sete vítimas de acidentes de trânsito que ocorreram na ala vermelha das unidades de saúde, todos os motociclistas e socorridos após o toque de recolher.

“Por isso, a necessidade de diminuir a circulação dessas pessoas nas madrugadas da nossa cidade, mas porque elas estão nas ruas, mas porque o comércio aberto facilita a ingestão de bebidas alcoólicas e as pessoas muitas vezes excedem os limites do registro das placas de trânsito “, declarou o prefeito.

Inicialmente, o novo horário do toque de recolher é válido por doze dias, do dia 8 até o dia 19 de julho. Até esta terça-feira (7), continua vigiando o horário atual de proibição de circulação e horário limite para fechamento de mercadorias comerciais, que é das 23h às 5h.

O serviço de entrega não entra em decodificação e pode continuar a funcionar após 23h, mas os usuários podem fechar às portas e fechar o atendimento presencial de clientes neste horário.

 

C. E.

0 0
Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleppy
Sleppy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Deixe uma resposta

Next Post

Padre chama Bolsonaro de “Bandido” em missa e causa polêmica

Na última semana uma […]