Bar inaugurado em MS com pagode e aglomeração é interditado pela Vigilância Sanitária

RN7
0 0

O bar inaugurado em Campo Grande, em tempos de pandemia de covid-19, que causou aglomeração e denúncias aos órgãos de fiscalização da prefeitura no domingo (21), foi interditado pela Vigilância Sanitária nesta terça-feira (23).

De acordo com a Vigilância, a medida foi tomada devido ao descumprimento das regras de convívio social, determinadas pelo poder público, como forma de prevenção ao contágio do coronavírus.

Segundo Secretaria Municipal de Saúde Pública (SESAU), o proprietário tem 15 dias para recorrer da interdição. Até que isso ocorra, o local deve permanecer de portas fechadas. O bar ainda pode sofrer uma autuação que varia de R$ 100 a 15 mil.

Após das denúncias, os donos do local pediram ‘desculpas’ pela quantidade de pessoas que lá estavam, disseram que a intenção do evento era a divulgação da nova casa e que os funcionários estavam paramentados com os equipamentos de segurança.

As denúncias de aglomeração no local com pagode levaram a Guarda Municipal e a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana (Semadur) a fiscalizarem o local. As equipes chegaram lá por volta das 20h30 (de MS), já havia poucas pessoas e o evento acabou encerrado. Não houve notificação.

A equipe do bar, informou ao G1, por nota, que as “regras de distanciamento foram seguidas”, que os funcionários estavam “paramentados” e que “o uso de máscaras foi sugerido, embora não exigido por ser um local de consumo”.

Coronavírus no estado

Boletim epidemiológico da secretária estadual de Saúde (SES) confirmou 393 novos casos de pessoas infectadas com o coronavírus e mais 8 mortes provocadas pela covid-19 em Mato Grosso do Sul nas últimas 24 horas.

O número de casos e de mortes é o maior já registrado no estado desde o início da pandemia. Segundo o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, os dados indicam que o rimo de avanço do doença em Mato Grosso do Sul entrou no “elevador”.

Com os casos confirmados nesta terça-feira (23), Mato Grosso do Sul tem um total de 5.784 registros da doença. O número de mortes chegou a 55.

G1 – MS

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleppy
Sleppy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Deixe uma resposta

Next Post

Bispos da IURD em Angola tomam controle de templos e rompem com Brasil

A Igreja Universal do Reino de Deus em Angola vive um momento crítico, com bispos e pastores se rebelando contra a direção brasileira e tomando o controle nesta segunda-feira (22) de mais de 35 templos em Luanda e cerca de 50 em outras províncias do país, como Lunda-Norte, Huambo, Benguela, Malanje e […]