Máscaras serão obrigatórias na capital e multa por descumprir decreto pode chegar a R$ 15 mil

RN7
0 0

A prefeitura de Campo Grande decretou, nesta quinta-feira (18), o uso obrigatório de máscaras em diversos locais do município. De acordo com o documento, a medida é válida a partir desta sexta (19).

Conforme o decreto, o uso de máscaras será obrigatório no transporte coletivo, em espaços fechados públicos, espaços abertos ao público que não sejam ao ar livre e espaços privados de acesso ao público em geral, como comércios e indústrias com atendimento ao público, por exemplo. A obrigatoriedade ainda deverá ser respeitada em áreas comuns de condomínios, inclusive em elevadores de prédios residenciais e comerciais.

Estão liberadas da obrigação de usar máscaras, pessoas com deficiência intelectual ou transtornos psicossociais que não consigam utilizar a peça, crianças menores de 4 anos e pessoas que estiverem praticando atividades físicas e esportivas em geral. A utilização de máscara ainda será dispensada no caso de consumo de alimentos e bebidas em locais fechados.

O descumprimento do novo decreto pode acarretar, aos infratores, detenção de até um ano, além de multa de acordo com o Código Sanitário do Município, que pode variar de R$ 100, em infrações leves a até R$ 15 mil, em infrações gravíssimas. As penas, no entanto, só serão aplicadas a partir do dia 1° de julho.

Até lá, a recomendação que consta no decreto, é de que estabelecimentos públicos e privados, assim como os órgãos de fiscalização e segurança, devem promover ações educativas e orientativas sobre a obrigatoriedade do uso de máscaras.

G1 – MS

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Deixe uma resposta

Next Post

Moradores denunciam ameaças de criminosos para deixarem casas em conjunto habitacional no Acre

Moradores do Conjunto Habitacional Cidade do Povo, em Rio Branco, estariam abandonando as casas após ameaças de criminosos do local. A denúncia foi relatada para a Rádio CBN Amazônia Rio Branco, nesta quinta-feira (18). O conjunto foi construído para ser a terceira maior cidade do Acre, com uma população de […]