Em Rio Branco, tradicional Arraial do Bosque se adapta à pandemia e barraca adere ao delivery

RN7
0 0

O mês de junho é marcado pelas festas juninas, arraiais, pratos típicos, brincadeiras, quadrilhas e sorteios. Mas, por causa da pandemia do novo coronavírus e a necessidade de distanciamento social, essas aglomerações tiveram que ser suspensas.

No bairro Cohab do Bosque, a praça onde acontece um dos arraiais mais tradicionais da capital acreana, Rio branco, está vazia. “Íamos fazer agora o 21º arraial, mas, infelizmente, com a Covid-19, deu esse problema”, disse o coordenador do arraial, Euvaldo de Castro.

Por isso, a alternativa encontrada por quem todo ano vende comidas típicas e outros doces em uma das barracas da praça foi fazer um arraial diferente, com entregas no sistema delivery.

A iniciativa partiu da empresária Cláudia de Castro e da mãe dela, Inês de Castro. As duas trabalham em uma doceria e resolveram unir o útil ao agradável. Além de vender doces para entrega, passaram a vender comidas típicas de arraial, como bolo de macaxeira, quibe e galinha picante.

“Todo ano tinha a Barraca da Inês aqui no Arraial da Cohab do Bosque e aí nós resolvemos trazer para a doceria as comidas típicas de arraial. Porque todo ano as pessoas esperaram comer aquela galinha picante, o pirarucu à casaca”, disse a empresária.

E a dona Inês tem um papel importantíssimo nessa história. Cozinheira de mão cheia, ela é responsável por preparar todas as comidas. Já são mais de 20 anos trabalhando no arraial.

“Nossa, eu amo fazer comida, principalmente essas comidas de arraial que são 21 anos já fazendo e as pessoas me procuram. Então, para mim, é muito satisfatório fazer”, afirmou Inês.

Barraca que vende comidas típicas há 21 anos em arraial no AC resolveu não deixar período passar em branco — Foto: Arquivo pessoal
Barraca que vende comidas típicas há 21 anos em arraial no AC resolveu não deixar período passar em branco — Foto: Arquivo pessoal

O arraial delivery vai até o início do próximo mês. Os trabalhos começaram na sexta-feira (5) e, apesar da ideia ser nova e pra lá de diferente, Cláudia disse que o público tem aderido bastante.

“Tenho ficado surpresa porque as pessoas têm procurado realmente. Então, estou muito feliz. O pessoal está com saudade das comidas típicas de arraial”, contou Cláudia.

Já a dona Inês, desejou que as coisas voltem logo ao normal. “Que essa pandemia acabe logo, para que a gente volte ao normal com o nosso arraial. Quem sabe não vai ter um arraial fora de época?”, sugeriu.

A ideia do arraial fora de época não foi totalmente descartada. Mas, vai depender da situação da pandemia na cidade daqui alguns meses. “Existe, mas não vamos fazer uma coisa que atrapalhe”, afirmou o organizador do arraial no bairro.

Barraca está vendendo quibe, bolo de macaxeira, galinha picante no sistema delivery em Rio Branco  — Foto: Arquivo pessoal
Barraca está vendendo quibe, bolo de macaxeira, galinha picante no sistema delivery em Rio Branco — Foto: Arquivo pessoal

G1 – AC

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Deixe uma resposta

Next Post

“PSL do Quinarí” Dr. Aurélio da Farmácia ou Pastor João Carvalho?

Uma dupla de peso, mais que precisa ser decidido, que dos dois realmente representará o PSL na disputa pela prefeitura do município de Senador Guiomard (Quinarí). Foi uma festa, disse uma militante a nossa redação, falando sobre a filiação do Ex-candidato a deputado estadual pelo PDT, agora pré-candidato a prefeito […]