Dois municípios do AM prorrogam decretos de ‘lockdown’ em prevenção ao novo coronavírus

RN7

Os municípios de São Gabriel da Cachoeira e Silves, no interior do Amazonas, prorrogaram decretos de “lockdown” – que representa o bloqueio total de circulação de pessoas – como forma de prevenção ao novo coronavírus. Quatro municípios haviam adotado a medida de isolamento até a terça-feira (19). Novo Airão foi a quinta cidade do estado a aderir “lockdown”, na segunda (18).

O número de casos confirmados pelo novo coronavírus nos municípios do interior do Amazonas ultrapassou, pela primeira vez, os casos de Manaus, segundo os dados do último boletim epidemiológico de Covid-19 divulgado pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), na terça-feira (19).

Em São Gabriel da Cachoeira, a 852 Km de Manaus, município que tem mais de 390 casos confirmados, com 15 mortes, o decreto de “lockdown” como medida de prevenção à Covid-19 teve início no dia 8 de maio. Com isso, a circulação e aglomeração de pessoas em vias públicas, além de estabelecimentos comerciais e instituições bancárias e lotéricas foram suspensas.

Ao fim do período, a Prefeitura de São Gabriel da Cachoeira anunciou que o decreto de “lockdown” foi prorrogado por mais 10 dias e deve seguir até o dia 29 de maio. A compra de alimentos, medicamentos, limpeza e higiene pessoal devem ser feitas das 6h às 15, no município.

A proibição da circulação de pessoas não se aplica em situações de transporte de pacientes para postos de saúde e hospital, e, também, aos profissionais da saúde, segurança pública, proteção ao patrimônio, limpeza e afins, que estão indo ou voltando dos seus turnos de trabalho.

A medida não se aplica, também, aos trabalhadores com missão de prestar serviços públicos essenciais, tais como, fornecimento de energia elétrica, água, telefone e internet. Aos advogados que estiverem acompanhando eventuais constituintes junto as autoridades policias.

Já em Silves, o decreto de “lockdown” que teve inicio no dia 11 de maio e teria fim na quinta-feira (21), também foi prorrogado por mais 10 dias e deve seguir até o dia 31 de maio. O município tem mais de 80 casos confirmados, com três mortes registradas.

De acordo com o decreto do município de Silves, o “lockdown” foi aplicado na cidade no horário das 15h às 06h do dia seguinte. A ação abrange os comércios, pedestres, trânsito, estabelecimentos comerciais, instituições financeiras e lotéricas. O serviço Delivery funcionará até as 20h.

Com o decreto da prefeitura, fica proibido a circulação de pessoas, salvo por motivo de força maior, justificada nos seguintes casos:

  • para aquisição de gêneros alimentícios, medicamentos, produtos médico hospitalares, de limpeza e higiene pessoal;
  • para o comparecimento, próprio ou de uma pessoa como acompanhante, a consultas ou realização de exames médicos-hospitalares, nos casos de problemas de saúde;
  • para realização de operações de saque e depósito de numerário;
  • para a realização de trabalho, nos serviços e atividades consideradas essenciais na cidade.

Em caso de circulação de pessoas, o uso de máscaras é obrigatório e deverá ser comprovado um documento com foto de identificação. Poderão transitar, apenas os funcionários e instituições que estão diretamente atuando em Combate os Covid-19.

O descumprimento do decreto leva a multa diária de até R$ 5 mil para pessoas jurídicas, a ser duplicada por cada reincidência. E, multa diária de R$ 150 para pessoas físicas, micro empreendedor individual e empresas de pequeno porte.

Outros municípios em ‘lockdown’

O município de Barreirinha, decretou “lockdown” no dia 11 de maio, por um período de 15 dias. A medida deve seguir até o dia 26 de maio. A cidade estabeleceu novas medidas preventivas e restritivas como forma de prevenção ao novo coronavírus, que tem 111 casos confirmados, com duas mortes registradas.

Em barreirinha, foi suspenso o funcionamento de todos os estabelecimentos não essenciais, e não podem operar com o público. Consultórios médicos, veterinários e afins somente podem atender em caso de urgência e emergência.

Ficou determinado, ainda, o toque de recolher na cidade. A restrição vale para a circulação de pessoas e veículos, nas vias e locais públicos, ou equiparados a vias e locais públicos, independente do horário, salvo em casos excepcionais que deverão ser comprovadas, tais como: compra de medicamentos, emergência policial e emergência médica.

O município de Tefé decretou “lockdown” do dia 5 a 15 de maio, com a suspensão da circulação e aglomeração de pessoas em vias públicas da cidade, além de estabelecimentos comerciais, instituições bancárias e lotéricas. A medida foi prorrogada até a próxima sexta-feira (22). O município tem 847 casos confirmados do novo coronavírus, com 41 mortes.

A Prefeitura de Novo Airão foi a quinta a estabelecer medidas mais rígidas do estado e decretou “lockdown” nesta terça-feira (19). A medida segue até o dia 28 de maio. Segundo a secretária de Saúde do Município, Antônia Eliene, o lockdown foi adotado depois para conter esse aumento de casos, que já registra 73 casos, com quatro mortes, já que o isolamento social vem sendo desrespeitado.

G1 – AM

0 0
Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleppy
Sleppy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Deixe uma resposta

Next Post

Auxílio só será depositado em contas fora da Caixa a partir do dia 30

A segunda parcela do […]