Fundo beneficente da Coca Cola contempla 160 mil pessoas em Manaus

RN7
0 0

A Coca-Cola Brasil e o Instituto Coca-Cola Brasil criaram um fundo para beneficiar comunidades de baixa renda e catadores de resíduos com ações diretas contra o coronavírus no Brasil. Em Manaus, duas instituições do Coletivo Jovem receberam, cada uma, a quantia de R$ 30 mil, totalizando R$ 60 mil. A estimativa é impactar 160 mil pessoas.

Há dez anos, a Coca-Cola Brasil mantém uma rede de relacionamento com organizações em comunidades por meio do Coletivo Jovem, programa que oferece a jovens condições de empregabilidade e de geração de renda. Os bairros Zumbi, na zona Leste, e Japiim, na zona Sul, onde funcionam unidades do Coletivo Jovem, estão sendo beneficiados.

“Fizemos primeiro uma escuta com parceiros, organizações sociais e comunidades para entendermos de fato como poderíamos contribuir de forma assertiva. Afinal, eles podem avaliar melhor como mitigar os danos causados pela pandemia. Por isso, optamos por viabilizar recursos financeiros de forma rápida para custos e demandas emergenciais das populações”, afirma Daniela Redondo, diretora executiva do Instituto Coca-Cola Brasil.

Em Manaus, os bairros Zumbi e Japiim estão sendo beneficiados
Em Manaus, os bairros Zumbi e Japiim estão sendo beneficiados | Foto: Divulgação

Os recursos foram para ONGs e instituições que, nos últimos 20 anos, são parceiras em programas de capacitação de emprego, acesso à água e reciclagem da empresa. Eles estão sendo gastos com ações de conscientização, prevenção do contágio – com compra e distribuição de produtos de higiene, proteção e limpeza e segurança alimentar – compra de alimentos, bebidas e cestas básicas.

Desigualdade urbana e informalidade colocam a população das comunidades de baixa renda em situação mais delicada diante da pandemia. Com o fundo de apoio e solidariedade, o objetivo é minimizar os impactos da pandemia nas comunidades mais vulneráveis, com flexibilidade para que cada parceiro atenda às necessidades mais críticas das pessoas do local onde atua.

Uma doação de 210 toneladas de alimentos também será destinada para comunidades carentes em Manaus e Presidente Figueiredo
Uma doação de 210 toneladas de alimentos também será destinada para comunidades carentes em Manaus e Presidente Figueiredo | Foto: Divulgação

Doações

No Coletivo Jovem do Japiim os recursos estão sendo destinados para a confecção de máscaras. Comerciantes, vendedores ambulantes e pessoas idosas já começaram a receber as primeiras máscaras. Carro de som e colagem de cartazes também fazem parte das ações realizadas pelo coletivo com os recursos do fundo.

Doações de cestas básicas e kits de higiene têm sido o foco do trabalho do Coletivo Jovem no bairro Zumbi.  A unidade é administrada pela Oficina Escola de Lutheria da Amazônia (OELA). Nas duas últimas semanas diversas famílias foram beneficiadas com as doações que devem continuar até o final do mês.

No Coletivo Jovem do Japiim os recursos estão sendo destinados para a confecção de máscaras
No Coletivo Jovem do Japiim os recursos estão sendo destinados para a confecção de máscaras | Foto: Divulgação

Na última sexta-feira (15), a Recofarma, fábrica de concentrados da CCBR, também entregou 42 mil itens, entre máscaras, aventais e álcool em gel. No  final de março a fábrica doou ao sistema de saúde do Estado 40 mil litros de álcool etílico 70%. Outros 10 mil litros foram destinados para o Estado de Roraima.

Novas frentes

A Coca-Cola Brasil vem adotando medidas, desde março, para ajudar a combater os efeitos da Covid-19. Nas próximas semanas a companhia fará a doação de 36 mil litros de água para os hospitais estaduais de referência ao combate ao coronavírus. O Hospital de Campanha Municipal Gilberto Novais, administrado pela Prefeitura, também será contemplado com aproximadamente 12 mil litros de água.

Uma doação de 210 toneladas de alimentos também será destinada para comunidades carentes em Manaus e Presidente Figueiredo. A estimativa é que a entrega seja realizada em até 10 dias.

Outras doações

Além das ações via Coletivo Jovem, em março, a Recofarma, fábrica de concentrados da CCBR, doou ao sistema de saúde do Estado 40 mil litros de álcool etílico 70%. Outros 10 mil litros foram destinados para o Estado de Roraima.

*Com informações da assessoria.

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Deixe uma resposta

Next Post

Futebol brasileiro pode voltar no final de junho, afirma CBF

O futebol brasileiro começou a ensaiar uma retomada que, dependendo da curva de casos do novo coronavírus (covid-19), poderia ocorrer no fim de junho, disse na última terça (19) à agência de notícias Reuters o secretário-geral da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Walter Feldman. Feldman afirmou que o Campeonato Brasileiro […]