Arbitragem: Mudanças na regra começam em 1º de junho

RN7

A International Board (IFAB) divulgou no último mês de abril, mudanças nas regras do futebol para a temporada 2020/21.

A grande alteração é na regra de toque de mão. A partir de junho, o toque no começo do braço, não será mais considerado infração.

Outra alteração também é em relação ao toque involuntário em ação ofensiva. Anteriormente, qualquer toque do ataque deveria ser assinalada falta. A partir de agora, só se o lance levar ao gol ou chance clara e manifesta.

Outra mudança importante diz respeito às cobranças de pênaltis. Só deve ser punida caso a ação influencie diretamente o resultado final.

Se o goleiro se adiantar, mas o atacante chutar a bola no travessão ou para fora, a cobrança não deve ser repetida. Caso ele seja punido, e a cobrança repetida, ele será advertido.

O cartão amarelo só deve ser mostrado no caso de o goleiro cometer uma nova infração.

Houve mudança em relação aos amarelos também. Um atleta punido durante o tempo normal e durante uma disputa de pênaltis, será relatado como dois amarelos e não um amarelo e vermelho.

O documento da IFAB também traz uma orientação importante com relação ao VAR, sistema de árbitro assistente de vídeo.

Agora “sempre que o incidente revisado seja suscetível a considerações subjetivas, o árbitro deve revisá-lo no monitor à beira do campo”.

Outras mudanças da regra

  • O toque de mão voluntário por parte de um defensor será considerado na hora de determinar um lance de impedimento;
  • Se o árbitro permitir a cobrança de uma falta rapidamente ou der vantagem após uma falta que interfira em um lance claro de ataque, não será mostrado o cartão amarelo;
  • Os jogadores que não respeitarem os 4m de distância obrigatória num lance de bola ao chão serão punidos com cartão amarelo;
  • Se o goleiro cobrar um tiro de meta ou falta para que um companheiro devolva com o peito ou a cabeça, o lance deve ser repetido. O arqueiro só será punido se isso acontecer repetidamente.

MS

O Presidente da Comissão de Arbitragem Manoel Paixão dos Santos, informou que as mudanças precisam ter aprovação do Departamento de Competições da Federação.

Sendo assim, as competições que iniciarem após 1º de junho, já deverão ter essas mudanças em vigor. O Campeonato Sul-Mato-Grossense que está paralisado devido ao Coronavírus, deverá manter as regras anteriores.

“Nós devemos manter a essência da regra antiga para finalizar nossa competição embora quando o Conselho se reunir para definir a volta do futebol, o Departamento de Competições vai sugerir a inclusão das cinco substituições como já ocorre nas competições que estão voltando”, disse Marco Tavares, Coordenador de Competições.

“Acredito que essas mudanças darão uma grande melhora na dinâmica do jogo”, afirmou Manoel Paixão.

 

FFMS

0 0
Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleppy
Sleppy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Deixe uma resposta

Next Post

'Já esperava': classe artística fala sobre a saída de Regina Duarte

Não foi uma surpresa […]