Valdemiro Santiago volta atrás e diz que semente “não cura coronavírus”

RN7
0 0

Na última semana o apóstolo Valdemiro Santiago foi o alvo de muitas críticas e até de denúncia depois da publicação de uma vídeo em que ele vende uma semente de feijão por R$ 1.000 reais.

Por determinação do Ministério Público, todos os vídeos da “semente milagrosa” foram tirados do ar. Após a polêmica, durante exibição do programa da Igreja Mundial na TV aberta, o apóstolo voltou atrás e fez questão de afirmar que a “semente não cura de coronavírus”.

Valdemiro também diz no novo vídeo que a semente é apenas um simbolísmo, e que será enviada a todos os patrocinadores, independente de valores.

“Nasce escrito sê tu uma benção, e essa semente, ‘ela não cura’. Essa semente, é um simbolísmo apenas, simboliza a palavra de Deus”.

A repercussão

Na segunda-feira (11), o Ministério Público Federal (MPF) de São Paulo entrou com um pedido para retirar do ar todos os vídeos do Youtube em que aparece o apóstololo Valdemiro Santiago, oferendo sementes de feijão como cura para o novo coronavírus.

O MPF deu o prazo de cinco para que o Google cumprisse a medida. No documento, os procuradores também pedem que a empresa mantenha o material “preservado e acautelado em arquivos e na íntegra”, para “eventuais e futuras providências de responsabilização processuais”.

De acordo com o procurador federal Wellington Cabral Saraiva, da Procuradoria Regional da República da 5ª Região, no Recife (PE),o líder religioso “usa de influência religiosa e da mística da religião para obter vantagem pessoal (ou em benefício da igreja), induzindo vítimas em erro, pois não há evidência conhecida de cura da Covid-19 por meio de alguma divindade nem por ingestão ou plantação de feijões mágicos”.

 

O FUXICO GOSPEL

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleppy
Sleppy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Deixe uma resposta

Next Post

Homem morre ao ter motocicleta arrastada por motorista bêbado em Manaus

Doracildo Tavares Rebouças, 41, morreu na noite desse domingo (17) ao ser atropelado por um motorista embriagado na avenida Tenente Roxana Bonessi, no bairro Monte das Oliveiras, na Zona Norte. Tavares trafegava, por volta das 20h25, em uma motocicleta com outro rapaz na garupa, quando o veículo desgovernado os arrastou […]