Sem reagentes para exames há 3 dias, AC tem fila de espera com mais de 1,5 mil testes para a Covid-19

RN7

Há três dias sem reagentes para exames de Covid-19, o Laboratório Charles Mérieux, referência nos testes da doença no Acre, tem mais de 1,5 mil amostras na fila de espera para sair o resultado. Devido à falta do reagente, os boletins da Secretaria de Saúde (Sesacre) trazem, pelo segundo dia seguido, resultados apenas de testes rápidos.

Até esta sexta-feira (15), o Acre tem 1.785 casos confirmados de Covid-19. A maioria dos casos está concentrada em Rio Branco, com 1.317 infectados.

Em entrevista à Rede Amazônica Acre nesta sexta, o gerente-geral do laboratório, Andrea Stocker, explicou que houve uma problema na liberação dos kits enviados para o Acre na alfândega do Aeroporto de Viracopos, em São Paulo. Para não ficar sem o material, o estado conseguiu um empréstimo com o Laboratório Butantã, na cidade paulista.

“Estão agora a caminho de Porto Velho para Rio Branco. A partir de amanhã cedo [sábado,16] vamos seguir com nossas análises. Existe uma fila de espera de mais de 1,5 mil amostras, que estão organizadas e programamos os processos para os próximos dias para ficar tudo pronto e trabalharmos o mais rápido possível de 320 extração e análises para acabamos com essa fila na próxima semana”, complementou.

Com a pandemia e a grande procura por material de análises e exames de Covid-19, Stocker disse que há problemas para conseguir fazer os equipamentos e seguir com os exames.

“Um deles é o mercado estar vazio, tudo que pode ser usado na análise de Covid-19 sumiu do mercado ou custa muito dinheiro. A segunda coisa que é não existe transporte, especialmente o aéreo que acabou quase que completamente, e temos problemas para transportar os materiais para Rio Branco”, frisou.

No início do mês, o laboratório adquiriu um robô para acelerar os resultados dos casos no estado. Com a aquisição, as equipes passaram a fazer 250 exames de Covid-19 por dia. O gerente falou que, após o material chegar, as equipes vão precisar de uns cinco dias para normalizar a situação e zerar a fila novamente.

“Agora aumentamos para 320 com a organização do fluxo do laboratório e acho que vamos ficar com isso por dia. Com essa quantidade de agora, vamos precisar de uns cinco dias para acabar com essa demanda que temos, e acho que no próximo final de semana chegamos no ponto de conseguir o resultado em 24 horas”, destacou.

Com mais de mil pessoas esperando para saber se estão ou não infectadas com o novo coronavírus, o gerente passou um alerta e fez um importante pedido.

“Fiquem em quarentena em casa, é muito importante, principalmente vocês com suspeita de positividade, Vocês são grande risco para o resto da população e estamos lutando para acabar com o vírus na região, mas isso depende do trabalho de todos. Por favor, fiquem em casa”, aconselhou.

Colaborou Ana Paula Xavier, da Rede Amazônica Acre.

0 0
Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleppy
Sleppy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Deixe uma resposta

Next Post

Suspeito de matar miss no Amazonas é preso em Roraima

O foragido Rafael Rodrigues, […]