Prefeito de Manaus chama Bolsonaro de “covarde”, “cretino”, “nojento”, “imbecil”, “analfabeto” e “primata”

RN7
0 0

Arthur Virgílio Neto chamou Jair Bolsonaro de “assassino indireto”, por “incitar as pessoas a saírem às ruas, violando o isolamento social”.

Ele o chamou também, segundo Josias de Souza, de “covarde”, “cretino”, “nojento”, “imbecil”, “analfabeto” e “primata”.

Foi uma resposta à frase que Jair Bolsonaro teria dito no encontro ministerial de 22 de abril:

“Aquele vagabundo do prefeito de Manaus está abrindo cova coletiva para enterrar gente e aumentar o índice da Covid.”

Arthur Virgílio Neto concluiu:

“Ele tem olho de peixe morto, uma cara assustada, típica de pessoa que não sabe ficar quieta. Não sei que outras moléstias esse sujeito tem além da mental. Mas há algo no seu coração perverso, capaz de tocar em feridas que estão sepultadas.”

O ANTAGONISTA

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Deixe uma resposta

Next Post

Primeira-dama Elisabeth Valeiko diz que testou positivo para novo coronavírus

A Prefeitura de Manaus informou que, ainda em abril, a primeira-dama e presidente do Fundo Manaus Solidária, Elisabeth Valeiko Ribeiro, testou positivo para o novo coronavírus e já se encontra fora do período de transmissão. Em nota, a prefeitura afirma que Elisabeth não apresentou sintomas e se manteve em isolamento […]