Coronavírus: “Quem ficar parado vai morrer de fome”, diz Bolsonaro

RN7
0 0

O presidente Jair Bolsonaro voltou a defender a reabertura da economia do país. Durante uma conversa com jornalistas na saída do Palácio da Alvorada nesta quarta-feira (13), o presidente disse que a população em casa vai causar um aumento da fome no país.

Brasilia DF 26 08 2019 O presidente Jair Bolsonaro fala á  imprensa na saída do Palácio da Alvorada hoje(segunda) pela manhã foto- Antonio Cruz/Agencia Brasill

“Ficar em casa para quem pode é legal, sem problema nenhum. Mas para quem não tem condições, a geladeira está vazia, tem três, quatro filhos chorando. Tem gente que chega em casa e tem danoninho, carne de primeira”, disse.

Bolsonaro também criticou  João Doria, governador de São Paulo, por conta de uma declaração em que o chefe do Executivo paulista defendeu que haveria aumento de mortes com o fim do isolamento.

De acordo com Bolsonaro, se as pessaos continuarem em casa vão “morrer de fome” se os empregos não forem retomados.

“Doria falou que é melhor o isolamento do que o sepultamento, quem ficar em casa parado vai morrer de fome, não podemos ficar hibernando em casa”, completou.

O Fuxico Gospel

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleppy
Sleppy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Deixe uma resposta

Next Post

‘Só decreto lockdown se tiver apoio do Exército e multa de R$ 10 mil pra quem descumprir’, diz Gladson

O governador do Acre, Gladson Cameli, afirmou durante entrevista concedida à imprensa na manhã de quinta-feira que estuda a possibilidade de decretar lockdown, mas que só o fará se receber apoio do Exército e poder estipular uma multa de valor alto para que realmente funcione. Cameli afirmou ter uma lista […]