Sesacre confirma três casos suspeitos de coronavírus no Acre

RN7

No domingo (8), a Secretária de Saúde do Estado do Acre (Sesacre), emitiu uma nota pública informando que no Acre ainda não há nenhum caso oficial de Covid-19 (Coronavírus) confirmado. Porém, existem três casos sendo analisados pela assistência de saúde.

A nota diz que em Rio Branco, foi descartada a doença em paciente que fez exames em ambulatório particular; mas, reiterou que ainda existem três suspeitas.

Conforme apurado, dois estudantes da cidade boliviana de Cobija, estão sendo monitorados no hospital do município de Brasiléia, interior do Acre. Já o outro caso, está em Cruzeiro do Sul. Ambos seguem em observação e aguardam o resultados dos exames.

Por meio de contato com Alysson Bestene, secretário de Saúde, ele informou ao ContilNet que os pacientes estão em monitoramento e que os casos já foram notificados ao Ministério de Saúde.

A Sesacre destacou ainda que neste momento, uma centena de profissionais trabalha incessantemente, promovendo treinamentos, organizando protocolos, informando sobre as formas de contágios e os cuidados de prevenção, todos em vigilância para que a população exerça o seu direito de estar bem informada e segura sobre a situação.

“A Sesacre repudia qualquer tipo de manobra para confundir a opinião pública, e que só promove um desserviço para a população, e seguirá informando da forma mais transparente possível para que não pairem dúvidas, medo ou qualquer outro sentimento negativo entre as pessoas”, informou a nota.

Nota

No Acre, não há nenhum caso de Covid-19 confirmado; em Rio Branco, foi descartada a doença em paciente que fez exames em ambulatório particular; estado segue com apenas três suspeitas

A Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre) vem a público esclarecer que são falsas as informações de que dois indivíduos de cidadania italiana teriam sido internados na enfermaria destinada ao isolamento do Pronto-Socorro do Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb).

A Sesacre, por meio do seu Departamento de Vigilância em Saúde (DVS), informa que ainda não houve nenhum caso cofirmado de coronavírus no Pronto-Socorro de Rio Branco, nem em qualquer outra unidade hospitalar. E que muito menos recebeu quaisquer estrangeiros com sintomas da doença.

Por isso, pede para que a população não se deixe levar pela irresponsabilidade de quem tenta instalar o medo, disseminando áudios irresponsáveis sobre fatos que jamais aconteceram.

Neste momento, uma centena de profissionais trabalha incessantemente, promovendo treinamentos, organizando protocolos, informando sobre as formas de contágios e os cuidados de prevenção, todos em vigilância para que a população exerça o seu direito de estar bem informada e segura sobre a situação.

A Sesacre repudia qualquer tipo de manobra para confundir a opinião pública, e que só promove um desserviço para a população, e seguirá informando da forma mais transparente possível para que não pairem dúvidas, medo ou qualquer outro sentimento negativo entre as pessoas.

VAMOS AO QUE É VERDADE

No Acre, havia quatro casos suspeitos de coronavírus, dos quais um deles, em Rio Branco deu negativo. Essas pessoas são acreanas e retornaram do exterior recentemente.

São dois estudantes de faculdades de medicina na Bolívia, que estão em quarentena no Hospital Geral de Brasileia, um em Cruzeiro do Sul e o quarto em Rio Branco, que procurou uma unidade médica particular, mas já com diagnóstico negativo para a doença.

Em hipótese alguma, essas pessoas deixaram de ser monitoradas pelo serviço de atenção básica em saúde de seus municípios e também pelo DVS, o Departamento de Vigilância em Saúde da Sesacre, que acompanha todos os casos com o apoio de infectologistas.

É preciso deixar claro que NO ACRE NÃO TEMOS NENHUM CASO CONFIRMADO DE CORONAVÍRUS.

Rio Branco, AC, 8 de março de 2020

Glória Nascimento

Chefe do Departamento de Vigilância em Saúde da Sesacre

 

CONTIL NET

0 0
Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleppy
Sleppy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Deixe uma resposta

Next Post

Guedes diz que resposta à crise são as reformas

O ministro da Economia, […]