Manoel Miranda quer ser pré-candidato a vice-prefeito de Rio Branco

RN7

O gerente de empresa Manoel Miranda tem um recado para o governador do Acre Gladson Cameli: “se precisar de mim, meu nome está à disposição para a pré-candidatura a vice-prefeito de Rio Branco pelo Progressistas”. O acreano afirmou que está trabalhando para isso e disse ainda que possui as qualidades essenciais ao cargo.

Para ele, a capital não precisa de gestores técnicos no comando, mas sim empreendedores. “Técnicos são bons em trabalhar com números e dados e, por isso, são ideais nas secretarias. Mas quem deve estar à frente da gestão são pessoas que sabem empreender, pois precisamos fazer surgir recursos para aplicar na cidade e isso os técnicos não sabem”.

O ex-vendedor de bananas e ex-engraxate pontua que gostaria de transmitir seus conhecimentos adquiridos em 30 anos de gerência de empresa. Comenta ainda que a geração de emprego e renda é o melhor remédio para reduzir os índices de criminalidade que assolam o estado desde 2016. “As pessoas não assaltam quando têm emprego”.

A chapa dos sonhos de Miranda para o Executivo municipal seria encabeçada por Tião Bocalom, hoje no PSL. “É o melhor nome que teríamos”. Ele disse que o atual presidente da Empresa de Assistência Técnica, Extrativista e Rural do Acre (Emater) está só esperando o governador chamá-lo para largar o PSL e ir para o Progressistas.

O partido tem hoje pelo menos dois postulantes à pré-candidatura à prefeitura: Luziel Carvalho e Thiago Caetano. Para Manoel Miranda, nenhum deles tem experiência administrativa e empreendedora para tocar a missão. “Não vão conseguir enriquecer Rio Branco. Falta a visão empreendedora”.

CONTIL NET

1 0
Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleppy
Sleppy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Deixe uma resposta

Next Post

Aliança enfraquece e criação do partido depende de “milagre”

O deputado federal Luiz […]