Homem é executado por facção no Acre durante transmissão ao vivo no WhatsApp

O foragido da justiça, Gilmar Gomes de Souza Neto, de 26 anos, foi morto a facadas, e sua morte foi transmitida ao vivo por uma chamada de vídeo via Whatsapp na noite de segunda-feira (10). O fato aconteceu em uma área de mata, provavelmente próximo ao Conjunto Habitacional Jacarandá, na região do Segundo Distrito de Rio Branco.

Segundo informações da mãe da vítima, que pediu para não ser identificada com medo de represália, o filho foi sequestrado por homens de uma facção rival. Muitas fotos dele pedindo socorro chegaram a ser enviadas à sua mãe. Por medo de também ser vítima, a mãe de Gilmar não denunciou o caso na polícia.

A família recebeu um vídeo na manhã desta quinta-feira (13), mostrando o momento exato em que Neto foi morto com várias facadas. As forças de Segurança deverão entrar no caso para realizar buscas.


VEJA O VÍDEO: 

CONTIL NET

Deixe uma resposta