Sul-Mato-Grossense 2020 – Aquidauanense espera chegar ao topo

RN7

O Aquidauanense pela primeira vez em sua história entrará no Campeonato Sul-Mato-Grossense como um dos grandes favoritos.

Com um dos maiores investimentos da temporada, o azulão da princesa finalmente espera ser campeão, fato que bateu na trave em duas oportunidades.

Oriundo do antigo Esporte Clube Aquidauana, o azulão da princesa subiu a Série A em 2007 já com Mauro Marino, apesar de ter ficado na nona colocação na Série B. Como vários clubes desistiram da promoção, o clube foi convidado.

Seria rebaixado em 2008 caso a competição não tivesse aumentado o número de clubes e mais uma vez, os com direito a promoção não houvessem desistido. Foi o penúltimo entre 16 clubes.

Em 2009, passou da 1ª fase de grupos e terminou a competição na 10ª colocação. No ano seguinte, começou a temporada com Mauro Marino mas a direção trouxe Paulo Zagallo, filho de Zagallo.

A campanha não foi boa e o clube ficou a três pontos da zona do rebaixamento e fora do mata-mata. Entre 2011 e 2014, Mauro voltou a comandar e o azulão viveu seus melhores dias.

Vice-campeão em 2011 perdendo a decisão para o Cene e eliminando na campanha Águia Negra nos acréscimos e o Comercial após golear no Morenão por 4 a 0. De quebra, fez o artilheiro daquele campeonato com Daniel marcando 19 gols.

Nos dois anos seguintes, caiu nas quartas de final para Naviraiense e Itaporã após ótimas campanhas na 1ª fase. Neste período, foi campeão duas vezes e vice duas vezes do Sub-19, participando da Copa SP.

Em 2014 entrou para a história como primeiro clube a passar da 1ª fase na Copinha, porém, a temporada culminou com o rebaixamento. Com apenas duas vitórias em 12 jogos, o time foi o penúltimo.

No ano seguinte não conseguiu o acesso ficando na terceira colocação da Série B, porém, com a desistência do Itaporã. Sem jogar em Aquidauana por falta de laudo, o time foi rebaixado mais uma vez, desta vez sob o comando de Baianinho.

Ausente em 2017, o azulão voltou em 2018 e conquistou o Sub-19 e a Série B, novamente com Mauro Marino. Em 2019, foi o vice-campeão perdendo a decisão para o Águia Negra.

Boa parte do elenco vice-campeão foi mantido. As grandes baixas são as saídas de Robinho que foi para o Corumbaense e de Uélison Santana para o futebol gaúcho.

Diego, Jaime, Agnaldo, Jô, Tiziu e a chegada de Otacílio Neto ex-Sete de Setembro e o retorno de Kéverson, revelado no time no início da década passada.

A estreia será dia 1º de fevereiro contra a Serc no estádio Noroeste e o dérbi pantaneiro com o Corumbaense, dia 22 de fevereiro também no Noroeste.

FFMS

0 0
Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleppy
Sleppy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Deixe uma resposta

Next Post

Incêndio destrói galpão do Deracre no interior do AC e presidente acredita que ação foi criminosa

Um incêndio destruiu um […]