Obras na MS-306 vão gerar empregos e movimentar economia de Costa Rica, Cassilândia e Chapadão do Sul

RN7
0 0

Campo Grande (MS) – As obras que serão realizadas no trecho de 220 km da rodovia estadual MS-306, entre Costa Rica, Cassilândia e Chapadão do Sul, vão gerar empregos que irão absorver mão de obra local e movimentar o setor de construção civil desses municípios e região.

Na tarde desta segunda-feira (20), o secretário Jaime Verruck, da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), reuniu-se com Paulo Lopes, diretor-presidente do Consórcio Way 306; Giovanni Mott, diretor administrativo e financeiro e Alexandre Siqueira, gerente de Engenharia do consórcio que reúne empresas habilitadas para a concessão da MS-306. Também participaram o diretor-presidente do Imasul, André Borges e o diretor de Licenciamento do Instituto, Osvaldo Santos.

O secretário Jaime Verruck se reuniu com os empresários do Consórcio Way 306 nesta segunda-feira (Foto: Divulgação)

De acordo com Jaime Verruck, “alinhamos alguns pontos no planejamento e no cronograma de obras. No caso do licenciamento ambiental junto ao Imasul, será feito um pedido que abranja o projeto na íntegra, a fim de dar celeridade nas ações. Além disso, a empresa reiterou o seu compromisso de contratação de mão de obra local e aquisição de materiais junto às empresas da região para fomentar a economia dos municípios. A estimativa é de que, somente na construção civil, haja uma contratação de 600 pessoas”.

A rodovia MS-306 é um polo de integração comercial entre os estados de Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, São Paulo, Goiás e Minas Gerais e importante rota de escoamento de produção de açúcar, álcool, algodão, soja e milho. O contrato de concessão da rodovia tem estimativa de investimentos de aproximadamente R$ 1,7 bi no período de 30 anos. Segundo estudos, com a concessão deve ocorrer a redução do número de acidentes, diminuição do tempo de deslocamento e economia de R$ 4 milhões/ano em investimentos na manutenção da estrada.

A rodovia MS-306 foi arrematada no último dia 5 pelo valor de outorga de R$ 605,3 milhões, em pregão realizado na Bolsa de Valores de São Paulo. O leilão da malha estadual foi o primeiro do Estado e consolida um dos projetos de concessão que o Escritório de Parceria Estratégica (EPE), do Governo do Estado, vem trabalhando.

O Consórcio Way 306 é liderado pela Bandeirantes Engenharia, com a participação das empresas TCL Tecnologia e Construções, Senpar, Torc Terraplanagem e GLP Brasil.

 

Marcelo Armôa, Assessoria de Comunicação da Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro)

Foto do destaque: Arquivo

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Deixe uma resposta

Next Post

Clientes de shopping confundem ação de evangelismo com arrastão

Um flashmob evangélico realizado na praça de alimentação de um shopping foi confundido pelos clientes do estabelecimento com um arrastão. A confusão foi maior por conta da repercussão desencontrada através de mensagens nas redes sociais e grupos de WhatsApp. No último domingo, 19 de janeiro, um grupo de uma igreja evangélica resolveu fazer uma […]