“O governador levou ao pé da letra o conceito de oposição para prejudicar micro e pequenas empresas”, diz Calegário

RN7
0 0

Em um bate-papo ao vivo com internautas, realizado na última segunda-feira (13), o deputado estadual Fagner Calegário (PL) comunicou a sociedade que não viajou no recesso parlamentar para visitar as unidades de saúde do Acre e reclamou do veto governamental ao Projeto de Lei de autoria dele que daria incentivo e oportunidade de crescimento às pequenas e microempresas do estado.

Calegário afirmou ainda que o veto de Gladson Cameli é uma espécie de retaliação por ele ser considerado oposição, embora, segundo ele, não seja.

“O governador levou ao pé da letra o conceito de oposição e terminou prejudicando pequenos e microempresários que já enfrentam tantas dificuldades e que precisam de incentivo para sobreviverem”, diz.

De acordo com Calegário, a única intenção era igualar alguns benefícios e garantir ao micro e pequenos empresários prazos para resolverem questões fiscais e assim poderem continuar com seus empreendimentos.

“Não estávamos eximindo as empresas de apresentar as certidões e demais documentos exigidos por lei federal, estávamos apenas solicitando que no primeiro mês de contrato, após a assinatura do contrato já apresentar a quitação de eventuais dívidas. Nosso governador precisa entender que todos os empresários no Acre passam por dificuldades, mas quem sofre mais são os pequenos”, diz.

Folha do Acre

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Deixe uma resposta

Next Post

Ucrânia pede ao Irã as caixas pretas de avião abatido

A Procuradoria-Geral da Ucrânia e o Serviço de Segurança do país (SBU) pediram para que o Irã entregue as caixas pretas do avião que foi abatido no dia 8 em Teerã, com 176 pessoas a bordo. “A Procuradoria-Geral e o SBU entraram em contato com as autoridades competentes do Irã […]