Empresário pode disputar vaga na Câmara de Envira nas eleições de 2020

RN7
Em Envira, os comentários dos supostos nomes para concorrer a Prefeitura de Envira e aos nove cargos do poder legislativo, já começaram.  Vários já preparam suas pré candidaturas para concorrer nas eleições de outubro.
Uns dos nome já confirmado, é do empresário  Elivaldo Oliveira, natural do município de Cruzeiro do Sul-Acre, que poderá  ser uma boa opção para os mais de 10 mil leitores de Envira.
Elivaldo há mais de 10 anos mantém estreitos laços com Envira.
Conhecido e querido por muitos, Oliveira pretende entrar para vida pública após vê nos ultimos anos, os escândalos  que colocaram a Câmara de Envira nas principais telas de sites do Amazonas e até em jornais e na televisão.
O Cruzerense de 40 anos, fala que Envira é cidade de pessoas simples, trabalhadoras e que precisam de representantes que lhe deêm orgulho e lutem por qualidade de vida melhores . Umas de suas idéias, são leis municipais que ajudem o gestor a trabalhar mais pelos envirenses na prestação de serviços para população.
Elivaldo Oliveira, recebeu o convite para disputar o cargo de vereador por Envira, após saber da lei aprovada no dia 13 de Dezembro pela Câmara de vereadores, que definiu que em 2020, a Prefeitura não poderá gastar mais com a população em saúde e trabalho, como vinha oferecendo.
” Não importa quem é o gestor, o que não pode acontecer em Envira é a população precisar fazer tratamento fora e não poder receber as condições para ir se cuidar, e de um pai, mãe e jovem precisar trabalhar e a prefeitura não poder oferecer,porque a Câmara quem decide o que o poder executivo tem que gastar,prejudicando a população.” Comenta Elivaldo
Segundo Elivaldo, o município precisa de representantes que atuem com mais transparência para população. Na sua atuação como parlamentar pretende atuar de forma correta por uma qualidade vida para todos.
 
Por: Jhonny Marques
0 0
Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleppy
Sleppy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Deixe uma resposta

Next Post

IR: contribuinte não poderá deduzir gasto com previdência de doméstica

Um dos benefícios destinados […]