Mulher morre no hospital 59 dias depois de levar pedrada na cabeça de marido em MS

RN7

Uma mulher de 38 anos morreu nessa quarta-feira (8), na Santa Casa de Campo Grande, após levar uma pedrada na cabeça do marido há 59 dias. De acordo com a polícia, Keila Varanda de Souza teve traumatismo craniano depois de ser agredida pelo companheiro.

Conforme a ocorrência policial, a vítima foi atingida pela pedra na região da cabeça no dia 10 de novembro do ano passado após uma briga com o suspeito, em Corumbá, região do Pantanal sul-mato-grossense.

Keila ficou internada no Hospital Público de Corumbá por duas semanas e depois recebeu alta. Em casa, após 14 dias, voltou a ser hospitalizada no mesmo hospital por conta do estado de saúde que piorou. Depois de 3 dias, no dia 10 de dezembro, foi transferida para a Santa Casa de Campo Grande.

De acordo com o boletim de ocorrência, o quadro clínico de fratura do crânio evoluiu para uma pneumoencéfalo e Keila precisou passar por um procedimento cirúrgico no dia dois de janeiro, mas por conta da gravidade, não resistiu e morreu na tarde desta quarta-feira.

Conforme a polícia, o caso foi registrado como feminicídio na Delegacia Comunitário de Pronto Atendimento (Depac) Centro, em Campo Grande, mas o caso já foi encaminhado para a Delegacia da Mulher em Corumbá. Até a publicação desta reportagem , o G1 não obteve informações se o suspeito havia sido localizado.

G1 – MS

0 0
Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleppy
Sleppy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Deixe uma resposta

Next Post

Cheia do Rio Acre desaloja 50 famílias em Brasileia e cinco em Rio Branco

A cheia do Rio […]