Justiça toma atitude após dívida de Dado Dolabella superar R$ 400 mil

RN7
0 0

Dado Dolabella está prestes a ser considerado falido pela Justiça do Rio de Janeiro. Tudo porque, com uma dívida de R$ 420 mil em alugueis atrasados, o ator não tem hoje rendimentos que possam arcar com o débito em aberto.

Segundo o jornalista Leo Dias, Dado é procurado pela Justiça para ser citado, já que ele está em lugar incerto ou não sabido. A dívida é referente a dez alugueis atrasados de uma cobertura de 320 metros quadrados, alugada por ele até 2013.

Sem quitar o valor, a dívida cresceu. Em 2016, um veículo avaliado em R$ 80 mil, em nome dele, foi penhorado, mas ainda assim não serviu para arcar com a dívida. Agora, o advogado do proprietário do imóvel pede a insolvência civil de Dado, que é quando uma pessoa detém mais dívidas do que condições para quitá-las.

“O que chama a atenção é que se ele não pagar a dívida será declarado insolvente civil, que nada mais é do que a falência. Ou seja, ele não poderá mais praticar nenhum ato da vida civil dele, compra e venda de imóvel, nada”, disse o advogado, que também afirmou que o ator danificou o imóvel.

“Dado nunca demonstrou interesse em resolver. Temos grande dificuldade em localizá-lo. […] todo esse período, desde 2013, em nenhum momento ele se mostrou interessado em resolver isso. A única forma que encontramos, nossa última tentativa, é inutilizar a vida civil dele”, finaliza.

RD1

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Deixe uma resposta

Next Post

MS espera receber R$ 150,6 milhões do governo federal em 2020

O governo de Mato Grosso do Sul aguarda para este ano a liberação de R$ 150,6 milhões do governo federal como parte de projetos empenhados em vários ministérios que totalizam R$ 172, 7 milhões. Os valores serão destinados a investimentos em vários setores da administração pública. “Estamos agora no aguardo […]
%d blogueiros gostam disto: