Desembargador manda soltar suspeito de atropelar e matar crianças em Cuiabá e determina fiança de R$ 103 mil

RN7

O motorista Wesley Patrick Villas Boas de Souza, de 23 anos, suspeito de atropelar e matar duas crianças, de 10 e 4 anos, na terça-feira (31), na Avenida Dante de Oliveira, em Cuiabá, foi solto na noite dessa quinta-feira (2), após o desembargador Márcio Vidal conceder o habeas corpus.

Na quarta-feira (1°), Wesley passou por audiência de custódia no Fórum de Cuiabá e a prisão flagrante foi convertida em prisão preventiva.

No entanto, a decisão dessa quinta-feira (2) diz que a prisão preventiva de Wesley é ilegal e ele deve responder o processo em liberdade.

Foi determinado também o pagamento de fiança no valor de 100 salários mínimos, o que equivale a R$ 103,9 mil e a retirada da CNH dele.

G1 não localizou a defesa do motorista.

O acidente

As crianças, que são irmãs, atravessavam a avenida junto com a mãe, Cleide dos Santos, de 48 anos. Os três foram atingidos pela caminhonete de Wesley, modelo Dodge Ram.

Testemunhas e moradores contaram à polícia que o motorista da caminhonete seguia pela avenida em zigue-zague.

Com o impacto da batida, as vítimas foram arremessadas.

O menino, de 10 anos, morreu no local. A irmã dele, de 4 anos, foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ao Hospital Municipal de Cuiabá, mas não resistiu e também morreu.

Moradores tentaram agredir o condutor e apedrejaram o veículo que atropelou duas crianças e mãe em Cuiabá — Foto: Polícia Militar de Mato Grosso/Assessoria

Moradores tentaram agredir o condutor e apedrejaram o veículo que atropelou duas crianças e mãe em Cuiabá — Foto: Polícia Militar de Mato Grosso/Assessoria

De acordo com a Delegacia Especializada em Delitos de Trânsito (Deletran), o motorista fez teste do bafômetro. O exame não constatou nenhum teor de álcool no sangue dele.

Os corpos dos irmãos Brenda Melissa Batista e Bruno Cleber Josail dos Santos, de 4 e 10 anos, respectivamente, foram velados nessa quarta-feira (1º) na Capela Jardins, em Cuiabá.

Cleide está internada no Hospital Municipal de Cuiabá. No final da manhã dessa quarta-feira (3), ela foi informada pela família sobre a morte dos filhos.

Segundo a avó das crianças, a família tinha o costume de andar pela região para ir até mercados ou comércios. Ela afirmou que está em ‘choque’ com a situação.

G1

0 0
Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleppy
Sleppy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Deixe uma resposta

Next Post

Universidade Federal do Acre abre concurso com seis vagas para técnico administrativo

A Universidade Federal do […]