O ataque que matou o general iraniano Qasem Soleimani no Iraque “salvou vidas americanas” ao impedir um “ataque iminente”, disse o secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, em entrevista à rede de televisão “CNN” nesta sexta-feira.

“Não posso dar muitos detalhes sobre a natureza da ameaça, mas o público deve saber que a decisão do presidente (Donald Trump) de remover Soleimani do campo de batalha salvou vidas americanas”, afirmou.