Seis internos são apreendidos após fugirem de Unei em MS; 20 continuam foragidos

RN7

Seis dos 26 internos que fugiram da Unidade Educacional de Internação (Unei) Dom Bosco na madrugada da última segunda-feira (16), foram recapturados até a tarde desta quarta-feira (18), segundo a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) de Mato Grosso do Sul. A Secretaria afirmou ainda que os outros 20 continuam foragidos e são procurados.

Conforme a investigação, o grupo simulou uma briga e com a chegada de cinco agentes, um foi feito refém, algemado e agredido com uma barra de ferro. O diretor do Sindicato dos Servidores da Administração de Mato Grosso do Sul (Sinsad), Silvio Guimarães, comentou que a visita, no dia anterior, pode ter relação com a fuga em massa, já que os suspeitos estavam com diversas armas artesanais.

Na manhã desta quarta, agentes da Unidade, que fica na BR-262, a 20 km de Campo Grande, reclamaram da falta de segurança no local. A informação do agentes é que no dia da fuga apenas cinco deles faziam a segurança de mais de 90 internos. Ainda nesta quarta, a Sejusp emitiu uma nota sobre a fuga e informou que melhorias serão feitas no Unei Dom Bosco.

Em relação ao movimento realizado pelo Sindicato dos Agentes Socioeducadores, a Sejusp informa que foi a primeira vez que recebeu a informação, por parte da Superintendência de Medidas Socioeducativas (SAS), que a Unei Dom Bosco não dispunha de gerador de energia. É importante destacar que as providências para que melhorias sejam realizadas, já estão sendo adotadas.

A Sejusp também entrou em contato com a direção da Energisa, e a empresa deverá realizar nos próximos dias uma revisão na rede elétrica que abastece a unidade. Um projeto de melhoria será elaborado, com objetivo de evitar descargas elétricas, as quais acabam causando prejuízos.

Está previsto para sexta-feira (19.12), uma reunião na sede da Sejusp, com os representantes do Sindicato, juntamente com o superintendente da SAS e comandante-geral da PM, para tratar da segurança da unidade, uma vez que, o Governo do Estado já autorizou a convocação de policiais da reserva, que deverão ser designados para atuarem na unidade.

G1 – MS

0 0
Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleppy
Sleppy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Deixe uma resposta

Next Post

Câmara dos EUA aprova impeachment de Trump; Decisão final fica com o Senado

A Câmara dos Representantes […]