Gerson diz que reforma é necessária, embora seja considerada antipopulista

RN7
0 0

Durante entrevista ao Programa Tribuna Livre, da FM Capital, na manhã desta segunda-feira (9), o deputado estadual Gerson Claro (PP) disse que a proposta de reforma previdenciária em Mato Grosso do Sul é necessária, embora seja considerada antipopulista.

As alterações no texto da Constituição Estadual foram propostas e encaminhadas à Assembleia Legislativa pelo governador Reinaldo Azambuja (PP) no dia 25 de novembro.

A projeção econômica do governo do Estado é de R$ 10,6 bilhões em 20 anos – mesmo valor da receita corrente líquida de 2019.

Relator da matéria na CCJ (Comissão de Constituição, Justiça e Redação), Gerson Claro deve apresentar seu relatório na tarde desta segunda durante reunião do colegiado, segundo adiantou o parlamentar progressista.

Ele afirmou que outros estados da federação também estão nesse processo ou já concluíram suas reformas.

“No levantamento, a arrecadação da previdência tem que se auto sustentar e a receita forma um Fundo para a sua aposentadoria”, colocou.

Vale destacar que está em tramitação na Câmara dos Deputados a PEC (Proposta de Emenda à Constituição para estados e municípios, chamada de PEC Paralela.

Ainda vista com receio e resistência por servidores, o deputado ressaltou que “Inconstitucional é não fazer a reforma porque tira dinheiro de outro lugar para cobrir a Previdência”.

A aprovação da PEC se iguala as regras previdenciárias dos servidores públicos estaduais às normas federais.

Gerson Claro ainda explicou que as pessoas que têm direito adquirido irão se aposentar normalmente e quem tem cargo acumulável terá certidão para cada função, o que hoje, nas palavras do deputado, não acontece no INSS (Instituto Nacional do Seguro Social).

Ainda conforme Gerson Claro “tem muita coisa que virou mito”, complementando que com o texto há “poucas exceções e muitos avanços”. Com informações do porral Página Brazil.

Conjuntura Online

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleppy
Sleppy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Deixe uma resposta

Next Post

Prefeitos de municípios de MS que podem ser extintos pedem fim de PEC

Prefeitos foram até Brasília pedir para que Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que prevê a junção de municípios pequenos considerados de baixa arrecadação seja retirado de pauta. A proposta tem gerado preocupação a cinco administradores. Isso porque as cidades que eles fazem a gestão podem ser extintas e acabarem se […]