Segundo dia de protestos pelo clima em Madri, cidade-sede da COP 25

RN7

Manifestantes ocuparam pelo segundo dia seguido as ruas de Madri para exigir ação contra a mudança climática. Neste sábado (7), jovens bloquearam uma das das ruas mais emblemáticas da capital espanhola para protestar e dançar no que chamaram de uma “disco-bediência civil”.

O protesto, convocado pelo movimento ambientalista Extinction Rebellion (Rebelião da Extinção), bloqueou a rua central de compras Gran Vía. Os ativistas agitavam bandeiras e dançavam, a trilha sonora incluiu o clássico Stayin ‘Alive, dos Bee Gees.

Apesar das temperaturas frias do inverno, alguns dos manifestantes dançavam sem camisa pela rua.

A “disco-bediência civil” coincide com a realização COP 25, aberta na última segunda-feira (2) com um pedido do secretário-geral das ONUAntonio Guterres, de não ser a “geração … que brincava enquanto o planeta queimava”.

No encerramento da reunião, em 13 de dezembro, os negociadores esperam resolver as divergências restantes sobre como implementar um acordo firmado em Paris em 2015 sobre o aquecimento global.

A capital da Espanha se ofereceu para receber a cúpula, que aconteceria em Santiago do Chile, após o presidente Sebastián Piñera desistir de sediar a reunião em razão da revolta social que abala o país.

Marcha pelo clima

Na sexta-feira (6) capital espanhola recebeu uma marcha pelo clima, organizada pelo movimento Fridays For Future (Sextas Pelo Futuro), impulsionado pela jovem sueca, Greta Thunberg.

A marcha de Madri reuniu mais de 500 mil participantes, segundo os organizadores. Ela foi uma das maiores manifestações pelo clima que aconteceram no país. Em 27 de setembro, a maior até então, foram 20 mil manifestantes que pediam por ações para reverter as mudanças climáticas.

O que é a COP 25

É uma “Conferência das Partes” realizada por países signatários da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (UNFCCC). A convenção é um tratado internacional com objetivo de lidar com o aquecimento global, refletindo sobre o que já foi feito e o que ainda precisa ser adotado.

A conferência ocorre anualmente e, em 2019, chega à sua 25ª edição. Por isso o nome COP 25. A próxima reunião, a COP 26, será em Glasgow (Escócia), em novembro do ano que vem.

A Conferência do Clima da ONU estava marcada para acontecer em Santiago, no Chile, nas mesmas datas. Mas, devido à onda de protestos que o país atravessa, o presidente Sebastián Piñera decidiu cancelar a realização da conferência. A Espanha se ofereceu para receber o evento, em Madri.

G1

0 0
Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleppy
Sleppy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Deixe uma resposta

Next Post

Coreia do Norte recusa-se a negociar desnuclearização com os EUA

O embaixador da Coreia […]