Rio Negro-MS: Ao invés de trazer benefícios, o asfalto trouxe foi aborrecimentos

O asfalto que deveria trazer benefícios para alguns moradores do Conjunto Habitacional Novo Horizonte em Rio Negro-MS, trouxe foi transtorno é aborrecimentos.

Quando se fala em pavimentação de ruas e avenidas, o que vem na cabeça das pessoas beneficiadas é o conforto, a acessibilidade e a valorização do seu imóvel.

Mas apesar de pensar assim, alguns moradores do Conjunto Habitacional Novo Horizonte, não viram essas melhorias todas acontecer com a chegada do asfalto.

Muito pelo contrário, assim que a pavimentação asfaltica foi concluída, logo nas primeiras chuvas o que se viu foi muita água, lama e o mal cheiro na frente das residências.

De certa maneira isso vem tirando o sossego tanto de quem mora no prolongamento da Avenida Brasil no Conjunto Habitacional Novo Horizonte, como para quem passa por lá.

O Portal de Notícias Rn7, falou na tarde dessa quinta-feira (28) com um morador do Conjunto Habitacional Novo Horizonte, segundo ele, na época que não tinha asfalto era muito melhor, pois não tinha água, lama, e nem esse mal cheiro que tem agora.

Em 2018 segundo o atual Prefeito municipal de Rio Negro-MS Buda do Lair-PSDB, o Conjunto Habitacional Novo Horizonte estará inserido no pacote de infraestrutura do Governo-MS com a pavimentação asfaltica.

De acordo com o atual Prefeito municipal, será asfaltada a Rua Santos Dumont até chegar na Av: Rio Negro, as transversais, Rua São Pedro, Av: Liberdade e Rua José Morita, o Conjunto Novo Horizonte, a Cohab-II e a estrada ponte nova.

A solução para o problema sério que se criou na Avenida Brasil no Conjunto Habitacional Novo Horizonte com a chegada do asfalto, de acordo com alguns moradores da região está na pavimentação e tubulação da estrada que dá acesso ao Laticinio Rio Negro.

Coluna: Lucas de Oliveira..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: