FEIJÓ-AC: Homem atira contra a polícia, é baleado e morre a caminho do Hospital

Um homem de 29 anos morreu ao ser baleado por policiais civis, durante uma ação na BR 364, km 43, comunidade Bom Jardim na tarde deste domingo (06) Ele foi atingido depois de atirar no policiais e a arma que ele estava falhar. A vítima foi atingida por um tiro na parte do tórax e morreu a caminho do Hospital.

De acordo com o delegado de polícia Dr. Obetânio, a ação se deu, após, o irmão da vítima ter procurado a delegacia de polícia para informar que Carlenilson da Silva e Silva, estava de posse de uma espingarda e ameaçava matar sua própria genitora e outros que passassem no local.

Como se tratava de caso extremamente grave os policiais se deslocaram até a região, na tentativa de evitar que uma tragédia de maior proporção ocorresse entre os familiares.

O delegado informou ainda, a nossa reportagem, que os policiais, ao chegarem no local encontraram Carlonilson da Silva, de posse da arma de fogo, onde já teria efetuado quatro disparo, na tentativa de matar alguém, inclusive sua própria mãe.

“Nem a presença da polícia civil, foi o suficiente para acalmar as investidas de Carlonilson, que partiu para o confronto disparando contra os policiais, que ao revidarem um dos disparos atingiu o homem na parte superior do tórax” disse o delegado.

“A versão de Antônio da Silva, irmão do homem morto, diverge partes, as declarações da polícia. Ele contou a nossa reportagem, que Carlonilson, realmente estava armado, mas, a arma estava descarregada, por isso questiona, que não haveria necessidade dos policiais terem atirados. Ainda confirmou, que seu irmão estava prestes a viajar para Rio Branco, onde faria tratamento por suspeita de estar sofrendo de distúrbios mental.

De acordo com as informações ao site de notícias Feijó24horas, um inquérito foi instaurado, onde o caso está sendo investigado cautelosamente pelo o delegado de polícia, Dr. Obetânio.

Fonte: Feijó 25 Horas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: