Após fugas, Iapen-AC diz que deve criar mais de 2 mil vagas em presídios do Acre

Após a fuga de mais de 80 detentos em menos de 10 meses de presídios do Acre, o Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen-AC) informou, nesta segunda-feira (7), que está fazendo uma reestruturação no sistema penitenciário e deve investir R$ 50 milhões na criação de 2,2 mil novas vagas nas penitenciárias do Acre até o final de 2018 para coibir novas fugas.

A última ocorreu no domingo (6), no Presídio Francisco D’ Oliveira Conde, em Rio Branco. Ao todo, 11 detentos que estavam na cela 22 do pavilhão A conseguiram fugir do local após fazerem um buraco no banheiro.

No período de menos de 10 meses, o Acre registrou fugas nos presídios Francisco D’ Oliveira Conde, em Rio Branco, Moacir Prado, em Tarauacá, Manoel Neri, em Cruzeiro do Sul e 5ª Unidade Prisional, em Feijó.

Em entrevista ao Jornal do Acre 1ª edição, nesta segunda (7), o diretor do Iapen-AC, Aberson Carvalho, destacou que somente no Presídio Francisco d’Oliveira Conde (FOC), onde ocorreram três fugas de março a maio deste ano, devem ser criadas 800 novas vagas. O investimento, segundo ele, é de R$ 10 milhões.

“No FOC já estamos com uma obra de construção de 400 novas vagas e no próximo mês iniciaremos a construção de mais 400. Todas essa vagas, com certeza, vão ajudar a gente a inibir qualquer tipo de fuga, já que vai ser descentralizada a concentração de presos que temos hoje por pavilhão”, destacou.

Diretor do Iapen-AC, Aberson Carvalho, fala de investimentos em presídios no Acre

Diretor do Iapen-AC, Aberson Carvalho, fala de investimentos em presídios no Acre

O Iapen-AC afirma que os investimentos de reforma e ampliação vão ser feitos em todas as sete penitenciárias do estado. As obras incluem construção de novos blocos e guaritas elevadas para controle de acesso. As novas 2.226 vagas devem, segundo o órgão, solucionar a superlotação e zerar o déficit carcerário.

O diretor destacou ainda que não houve relato de que os agentes tenham percebido qualquer movimentação estranha antes fuga no FOC, no domingo (6). O Iapen-AC divulgou os nomes e as fotos dos fugitivos.

“Quando há uma percepção o agente faz a sua busca, chama os demais para fazer o enfrentamento naquele momento. As investigações estão em curso, nós não podemos fazer nenhum juízo de valor sobre isso. Confiamos integralmente nos nossos agentes, em toda a equipe, e temos certeza que em breve todos esses presos vão ser recapturados e vão cumprir o seu dever com a Justiça”, finaliza.

Fonte: G1-AC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.