Homem é preso suspeito de matar estudante de enfermagem a facadas, em Manaus

O suspeito de assassinar um estudante de enfermagem de 31 anosfoi preso em Manaus. Alison Gabriel da Silva Vieira, de 24 anos, estava no bairro Nova Cidade, Zona Norte, quando foi detido. Segundo a Polícia Civil, o crime ocorreu em maio de 2018 após ambos se conhecerem em uma boate na Zona Centro-Sul da capital e, posteriormente, irem para a casa da vítima.

De acordo com o delegado titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Paulo Martins, o suspeito alegou que conheceu a vítima no dia do crime, em 11 de maio de 2018, na boate. Os dois se deslocaram para a casa do estudante, onde passaram a ingerir bebidas alcoólicas.

“Alison conta que matou a vítima pois achou que o jovem iria envenená-lo, por isso travou luta corporal e acabou atingindo a vítima com cerca de 15 facadas. No entanto, a polícia acredita que ele não quer falar a verdadeira motivação do crime”, explicou o titular.

Martins explicou que as investigações em torno do caso duraram cerca de um ano. Para ele, a elucidação foi difícil porque o corpo do estudante foi encontrado sem roupa, dias após o ocorrido, dentro do apartamento em que ele morava. A ex-companheira do suspeito foi ouvida. Para a polícia, a mulher contou que Alison confessou que matou o estudante.

“A vítima foi encontrada dois dias depois de morto e não tínhamos informação nenhuma. Passamos a ouvir várias pessoas, ninguém passava informação, havia somente o nome de uma pessoa: ‘Gabriel’. E tínhamos imagem também. Partindo do pressuposto das imagens e do primeiro nome do suspeito, pedimos a colaboração da imprensa para identificá-lo”, completou.

Após a divulgação do suspeito na televisão, uma pessoa ligou para a delegacia e o identificou. Posteriormente, o titular solicitou o pedido de prisão do homem. “A dificuldade foi achá-lo pois ele já sabia que estava sendo procurado pela polícia. Na segunda-feira (20), recebemos a informação do local de onde ele poderia estar escondido e o prendemos”, completou.

Segundo a polícia, no dia do crime, outra pessoa acompanhava o suspeito na boate. O homem então foi ouvido pela polícia. No entanto, morreu ao decorrer das investigações. A Polícia Civil investiga se o assassinato tem a ver com o crime que vitimou o estudante de enfermagem.

Alison Vieira foi apresentado na manhã desta quarta-feira (22) durante coletiva de imprensa. Questionado sobre o crime, o homem contou que a vítima tentou envenená-lo, travou luta corporal com o estudante, pegou a faca da mão da vítima e o esfaqueou. Ele mostrou ainda a lesão que possui no braço por conta da ação.

O suspeito foi indiciado por homicídio. Após apresentação na delegacia, por ser preso em cumprimento de mandado, homem será levado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde deverá ficar à disposição da Justiça.

G1-AM

Leave a Reply

%d bloggers like this: