Alunos milagrosamente sobrevoem após o telhado de a escola desmoronar

A causa do incidente está sendo avaliada por engenheiros do Departamento de Arquitetura e Engenharia (DAE) e pela empresa responsável pela construção da escola.

Dois estudantes foram espancados pela estrutura metálica da escola, mas foram tratados no local e libertados sem ferimentos graves.

Para o aluno Douglas Sousa, a sobrevivência dos alunos “foi um milagre”. No dia do incidente, fiquei impressionado com o número de alunos presentes no grupo de oração – entre cerca de 90 pessoas, muitas delas nunca participaram da reunião. A cela é realizada semanalmente pelos alunos da Escola Estadual de Educação Profissional Maria Ângela da Silveira Borges.

“As pessoas iam fechar, mas nossa equipe chegou à conclusão para elogiar, eles tinham pessoas que nunca iam à cela e iam quase até o fim”. “É aí que o incidente veio”, disse Douglas ao jornal Barra Heavy.

“Nossa intenção é levar o nome do Senhor para as escolas e falar sobre Deus cuida de cada detalhe em nossas vidas”. “Eu estava falando sobre a atitude e Deus cuidou de cada detalhe em nossas vidas”, disse o estudante.

De acordo com a Secretaria de Educação do Ceará (Seduc), a instituição permanecerá proibida até obter o conhecimento do prêmio.

A Secretaria informou ainda que as famílias dos alunos estão sendo atendidas pela Superintendência de Escolas de Fortaleza (Sefor). “A Secretaria se coloca à disposição das famílias de todos os alunos e intercede a escola até que eles tenham conhecimento do prêmio.”

Notícia Gospel

Leave a Reply

%d bloggers like this: