Suspeito de matar PM em fábrica é morto em troca de tiros com Choque e Bope

Osnei de Carvalho Moreira, vulgo Leitinho, que era suspeito de matar a tiros o policial militar Gilberto Biano Mendes Valiente, de 34 anos, nesta sexta-feira (19), em uma fábrica abandonada, no Núcleo Industrial, trocou tiros com militares do Batalhão de Choque, na manhã deste sábado (20) e acabou morrendo. Ele chegou a ser socorrido para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Santa Mônica, mas não resistiu.

Informações são de que o suspeito teria trocado tiros com os policiais, próximo a uma fábrica de alimentos. A troca de tiros teria acontecido depois que o autor roubou uma bicicleta de um idoso, no Indubrasil. os policiais conseguiram encontrar o suspeito escondido em um matagal, sendo que ao ver os militares o autor trocou tiros com a polícia, sendo atingido.

Outro PM acabou se acidentando durante a ação. (Foto: Minamar Júnior)

Na volta da ação, um militar do Choque – que estava em uma viatura de duas rodas – acabou se acidentando. Ele estava vindo pela Avenida Duque de Caxias quando no cruzamento da Lúdio Coelho, um veículo Vectra teria cruzado, momento em que aconteceu o acidente. O policial teve escoriações leves pelo corpo e foi socorrido.

Gilberto Mendes Valiente, era lotado no 10 º Batalhão da polícia em campo Grande, e estava na corporação desde 2008. O corpo do militar foi encontrado atrás de uma fábrica abandonada. Ele fazia bico de segurança no local. A arma de Gilberto estava ao lado dele, já o carregador foi encontrado a cinco metros de distância.

Osnei seria o autor da morte de um idoso de 74 anos, Gabriel Ricaldes, no dia 30 de setembro, no Núcleo Industrial, em Campo Grande. O idoso foi encontrado amarrado em sua própria cama e tinha sinais de espancamento pelo corpo. O filho de Gabriel encontrou o corpo na residência. Uma arma que pertencia a ele foi roubada por Osnei e teria sido usada para matar o policial militar Gilberto Valiente.

Busca por Osnei

Moradores do bairro Jardim Inápolis contaram que desde a noite de sexta-feira (19), policiais fizeram um pente-fino para tentar encontrar Osnei, que segundo eles estaria escondido  em um terreno, onde existe a construção de um galpão. Osnei foi encontrado na manhã deste sábado (20), quando saiu do esconderijo. Ele foi perseguido momento em que houve a troca de tiros.

Midiamax

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: