Cristão perdoa motorista que matou sua família: “Deus me perdoou”

Um cristão de Minnesota (EUA), que perdeu seu filho e netos em um acidente de carro causado por um motorista de caminhão tomou uma atitude inesperada durante o julgamento. No início de julho, Rick Pals, o patriarca da família, disse a Tony Weekly, o motorista, que o perdoava. Pediu ainda que o juiz concedesse a ele liberdade condicional. A opção do magistrado foi de condená-lo a 6 meses de prisão, seguido de dois anos de condicional.

“Eu sei o quanto Deus me perdoou. Como posso não perdoar você?”, afirmou Pals. “Eu não estou na posição de autoridade para estender misericórdia, Tony, no entanto, posso pedir misericórdia por você”, acrescentou.

A declaração e a imagem dos dois se abraçando teve grande repercussão na mídia americana. Em julho de 2016, Pals perdeu seu filho, Jamison, 29, a nora Kathryne, 29 anos, e os netos Ezra, 3, Violet, 23 meses e Calvin, 2 meses, quando Weekly bateu em seu carro, que acabou pegando fogo.

A família estava viajando para o Estado do Colorado, onde participaria de treinamento para uma viagem missionária ao Japão.

Rick comentou sobre o incidente: “Todo mundo comete erros, e ele não começou aquele dia planejando matar nossos filhos”. Ainda assim, acrescentou: “Eu me esforço para encontrar as palavras para descrever a dor que me dominou”.

Kathy Pals, esposa de Rick, admitiu que estava preocupada com a possibilidade de ver Weekly no tribunal. “Eu achei que, quando o visse não conseguiria perdoar, mas foi exatamente o oposto. Fiquei com um desejo ainda maior de estar em paz com ele.”

Perdão é um “gesto poderoso”

Gordy Engel, pai de Kathryne, que também é evangélico, pediu misericórdia ao juiz. “Pedimos ao tribunal para dar a máxima graça admissível”, disse o homem no tribunal. “Algumas pessoas disseram que queríamos ser supercristãos, mas somos pessoas simples que temos um super Deus que nos sustenta”, continuou. Sua esposa, Nancy, acrescentou que “só podemos percorrer este caminho [do perdão] porque temos esperança.”

Com informações de Christian Post

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.