Corpo de homem castrado é encontrado dentro de poço na zona rural

O corpo de um homem aparentando ter entre 30 e 40 anos foi encontrado com indícios de ter tido a bolsa escrotal arrancada dentro de um poço em sítio no Bom Jardim, bairro da zona rural da região sul de Campo Grande, no início da tarde desta quinta-feira (5). O local fica a cerca de 2,7 quilômetros da MS-040, uma das vias auxiliadoras que ligam a Capital ao estado de São Paulo.

Junto do corpo, que estava de ponta cabeça, sem camisa e com as calças abaixadas, os Bombeiros encontraram um carregador de celular, cinco pen drives e uma quantia de dinheiro não revelado. O material foi apreendido e será periciado.

Um morador da região, de 52 anos, foi o responsável pelo achado do cadáver. Ele contou que por volta das 9h fazia a limpeza da estrada de entrada da sua chácara quando sentiu um forte cheiro ruim e viu a presença de urubus. Por isso decidiu pular na propriedade alheia. “Quando cheguei ao poço, ele estava tampado com tambores. Tirei eles, vi um tênis e decidi chamar a Polícia Militar”, disse.

A perícia determinou inicialmente que a hipótese é de que o corpo estava no local há cerca de dez dias. Mas a presença de água no poço, que tem cerca de quatro metros de profundida e 1,5 metro de diâmetro, pode afetar as condições. Por isso exames serão feitos para se ter a certeza do tempo e, principalmente, a causa da morte. O homem não tinha ferimentos aparentes. Apenas duas tatuagens, uma em cada braço, que podem auxiliar a identificação: um tribal e o nome masculino.

O caso será registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) da Vila Piratininga e a hipótese primordial da polícia é a de assassinato. A investigação ficará a cargo do 4º Delegacia de Polícia Civil, responsável pela área do crime.

Correio do Esatdo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: