PMA registra, em um dia, dois casos de caça ilegal em Mato Grosso do Sul

A Polícia Militar Ambiental prendeu, ontem (18), três homens que estavam caçando e portavam armas de fogo e munições ilegalmente. Eles foram presos em flagrante e levados à delegacia.

No primeiro caso, a PMA apreendeu um rifle e munições com o caçador, em Anaurilândia. O infrator estava em um veículo Chevrolet Corsa, onde foi encontrada a arma calibre .22 e três munições. O homem praticava a caça em uma fazenda e como a arma não tinha a documentação, foi apreendida pelos policiais.

No segundo caso, a PMA de Campo Grande prendeu dois homens com revólveres calibre 38 e mais de 50 munições em uma estrada ligada à BR-060. Eles também estavam em uma fazenda e admitiram que iriam começar uma caçada. As armas, que não tinham documentação, foram apreendidas. Os caçadores, moradores de Sidrolândia, receberam voz de prisão e foram conduzidos à delegacia de Polícia Civil daquela cidade.

Os três homens foram autuados por porte ilegal de armas, com pena de dois a quatro anos de reclusão.

Segundo balanço da PMA, divulgado neste ano, foram autuados 35 caçadores em 2017 e as multas são avaliadas em R$ 116 mil. Esses números mostram que houve um crescimento em relação a 2016, que conta com 30 autuações e R$ 54,2 mil em multas.

Correio do Estado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.