Mesmo com usina de asfalto, prefeitura de Cruzeiro abre licitação para comprar insumo e é investigada

Foi publicada nessa quarta-feira (13) no Diário Eletrônico do Ministério Público do Acre (MPAC) uma portaria assinada pelo promotor, Antônio Castro, que exige resposta da prefeitura de Cruzeiro do Sul sobre processo licitatório para compra de asfalto e aplicação tendo em vista que a cidade possui usina de asfalto operacional do município.

Em sua portaria N° 20/2018, Castro classificou como “estranha” o objeto da licitação tendo em vista que “durante fiscalização in loco, observou-se que a usina municipal estava operacional e possui grande capacidade de produção, diferentemente da usina contratada, com menor capacidade de produção”.

Com isso, o promotor que abriu inquérito civil vai enviar ofício à Secretaria de Obras da Prefeitura exigindo resposta a questionamentos no prazo de 10 dias, sob pena de não o fazendo, incidir no delito de desobediência.

Tentamos contato com a prefeitura de Cruzeiro do Sul que é administrada pelo prefeito Ilderlei Cordeiro (PP), mais até o fechamento dessa reportagem não tivemos êxito.

Folha do Acre

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.