Furto de energia causa prejuízo de cerca de R$ 200 milhões por mês no Amazonas, diz Eletrobras

O prejuízo causado por fraudes, desvios e furtos de energia no Amazonas é de cerca de R$ 200 milhões por mês. A informação é da Eletrobras Distribuição Amazonas. Em todo ano de 2017, foram realizadas cerca de 130 mil inspeções em residências e estabelecimentos comerciais. Mais de 27 mil ligações clandestinas foram flagradas.

A meta de 2018 é de que o quantitativo de inspeções seja maior que no ano anterior, com a intensificação das fiscalizações.

Segundo a concessionária, ainda não há dados consolidados sobre o total de fraudes encontradas neste ano, mas até março foram registradas perdas decorrentes desses crimes no patamar de 44%.

“Valor este que poderia ser investido em melhoria e aplicação no sistema com vistas a gerar melhor qualidade de energia à população”, informou a empresa.

O furto de energia e a fraude de medidores são tipificados como crime conforme o código penal brasileiro, artigos 155 e 171.

As denúncias sobre gatos de energia podem ser feitas por meio dos telefones (92) 3622-7837, (92) 3622-7303 ou pelo site www.eletrobrasamazonas.com.

Ocorrências

Em janeiro deste ano, 21 pessoas foram presas suspeitas de participar de uma quadrilha que atuava no furto de energia no Amazonas.

De acordo com o delegado Felipe Vasconcelos, as investigações em torno dessa ação foram iniciadas há cerca de 10 meses, quando a diretoria comercial da Eletrobras procurou a equipe da DECFS e relatou uma série de práticas ilegais, identificadas pelo sistema de controle da empresa, causando prejuízos significativos à concessionária de energia.

G1-AM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.