Juruna desmente Márcia Regina e diz que números do governo sobre prejuízos na OCA são mentirosos

O vereador Juruna (PHS) não poupou, hoje (30), nas críticas direcionadas a chefe da Casa Civil, Márcia Regina. Durante sessão na Câmara de Rio Branco, o vereador repudiou os números apresentados por ela em relação à economia dentro e fora da OCA após a modificação do seu horário de funcionamento ao público.

Juruna disse que os números apresentados por Márcia Regina não condizem com a verdade e que a reclamação dos comerciantes da região é geral. A fala da secretária do governador Tião Viana (PT) foi exibida em reportagem de uma emissora local onde defendia que a mudança no horário do órgão não trouxe prejuízo aparente.

“Esses números não condizem com a realidade. Dizer que está tudo certinho, que não está prejudicando ninguém, falta com a verdade. Eu fiquei indignado com a entrevista que ela concedeu na TV 05. Dizer que a lanchonete na OCA, não caiu à freguesia, trata com mentira. Eles vendiam 300 salgados, hoje vendem só 90. Vendiam 45 litros de suco, hoje vendem só 15 litros. O Estacionamento onde a concessória paga quase R$ 15 mil reais por mês, 50% da freguesia caiu e o dono não sabe como vai pagar o contrato”, reclamou.

Continuando sua queixa, o vereador reclamou ainda da falta de dialogo do governo para com os comerciantes da localidade e que compreende o momento de crise financeira atual, no entanto, não concorda com a “maquiagem” dos números do executivo sobre os prejuízos na OCA.

“Concordamos que existe sim uma situação de crise, mais não concordam quando mentem nos números. Dizem que tá tudo bem, mais não está. O governo não ajuda ninguém muito menos se preocupando com o pessoal lá da ponta. O governo tem as costas largas. Não tiveram a mínima preocupação em chamar os comerciantes do entorno do Terminal para falar sobre a alteração no horário da OCA. Eu fiquei revoltado com ela. Se ela não quiser ir lá na ponta, que mande alguém. Não pode maquiar números”, disse ele.

Juruna disse que já existem duas mil assinaturas de comerciantes e pessoas que trabalham na região solicitando o horário antigo de funcionamento da OCA.

Fonte: Folha do Acre

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.