Alegando formação insuficiente, Saúde cria núcleo de educação em urgência para capacitar profissionais no Acre

Alegando formação insuficiente, a Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre) criou o Núcleo Estadual de Educação em Emergência (Neu-AC) para capacitar, habilitar e proporcionar educação continuada aos trabalhadores do setor de urgência que atuam nas Unidades de Pronto Atendimento 24 horas (UPAs).

A portaria nº 847 foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) na segunda-feira (7) e assinada pelo secretário de Saúde, Rui Emanuel Rodrigues Arruda. A reportagem entrou em contato com a Sesacre que infomou que deve se posicionar posteriormente sobre a portaria.

A publicação diz que o núcleo é necessário pois foi observada a “fragmentação e baixo aproveitamento do processo educativo tradicional” dos servidores. O documento alega ainda, a “insuficiência dos conteúdos curriculares” na capacitação de profissionais que atuam na urgência.

Assim, segundo a portaria, o núcleo foi criado após considerado o grau de desprofissionalização e falta de formação e educação continuada que pode comprometer a qualidade dos serviços oferecidos. Os integrantes devem ter quatro horas semanais de atividades específicas sobre o grupo.

O núcleo deve organizar capacitações e habilitações dos profissionais que atuam na rede de urgência do Acre. O grupo também deve elaborar projetos a partir das necessidades encontradas nas unidades.

Fonte: G1-AC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.