AC: Quatro cidades acreanas celebram aniversário de emancipação política

Neste mês de maio, Assis Brasil, Mâncio Lima, Manoel Urbano e Senador Guiomard celebram mais um ano de emancipação política e administrativa. A comunidade desses municípios festeja o desenvolvimento de políticas públicas do governo do Estado.

Em seu 41º aniversário, Mâncio Lima comemora o apoio do governo do Estado em investimentos nos diversos setores.

Entre os grandes desafios em Mâncio Lima, a promoção de saúde recebe atenção especial, tendo em vista ser uma área de grande probabilidade de doenças endêmicas e alto índice de infestação de malária. No combate à doença, são realizadas ações de prevenções, incluindo orientação, readequações e planejamento dos serviços, capacitações, mobilizações visitas domiciliares.

Em atenção especial ao setor produtivo, o estado já recuperou 90% dos ramais, permitindo o escoamento da produção. Por meio do Plano Agrícola, a previsão é de 6 milhões em investimentos em suinocultura incluindo as ações já realizadas na agroindústria no setor do Alto Acre.

Fronteira do Brasil – Peru, pelo município de Assis Brasil (Foto: Internet)

Assis Brasil é o corredor de acesso à tríplice fronteira entre Brasil, Peru e Bolívia. A cidade comemora 42 anos de história e avanços e desenvolvimento. No município, o governo realizou um conjunto de obras de infraestrutura pelo programa Ruas do Povo e teve um importante avanço no setor de saneamento básico promovendo saúde e reduzindo os índices de mortalidade infantil, gerada na maioria dos casos em decorrência da falta de água tratada.

Para reforçar a rede de abastecimento no município o Departamento Estadual de Pavimentação e Saneamento (Depasa) em parceria com a Fundação Nacional de Saúde (Funasa) num investimentos me 1,6 milhões, instalou uma Estação de Tratamento de Água (ETA) reforçando a quantidade de produção de água por segundo, de 20 para 30 litros por segundo, beneficiando os mais de 6 mil habitantes.

“Com crianças em casa, temos que estar sempre preparando algo para alimentá-los, como leite, sucos, mingau e outras comidas, e tudo isso se precisa de água para fazer, algo que recebemos todos os dias e que ajuda a cuidar da nossa família e do nosso lar”, relata a moradora Raissandra Teixeira.

(Manoel Urbano foi um dos municípios beneficiados pelo governo com obras de infraestrutura (Foto: arquivo Secom)

São 42 anos de emancipação do município de Manoel Urbano, distante 202,88 quilômetros da capital, o município comemora os resultados dos investimentos do estado em agricultura familiar.

Por meio do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) mais de R$ 380 mil foram injetados no setor, além disso, a piscicultura também ganha reforço, produtores de Manoel Urbano recebem incentivos com a entrega de alevinos para o fomento do setor produtivo.

“Para nós foi uma grande vantagem. Agradeço a Deus primeiramente e, segundo quem trouxe esse projeto para nós porque não tínhamos condições, mas como o governo federal da gestão anterior fez com ajuda do governo do Acre e isso chegou até nós. É uma benção realizada. Um açude ajuda na renda e acreditamos que podemos ter outros açudes para ajudar ainda mais na renda”, comenta o piscicultor.

Senador Guiomard completa 42 anos de emancipação política (Foto: arquivo Secom)

Completando seus 42 anos no dia 14, Senador Guiomard, também conhecido como Quinari, localiza a maior referência em pescado do estado, o complexo de piscicultura Peixes da Amazônia, que recebeu um investimento de mais de R$ 50 milhões e hoje é símbolo do setor, reunindo laboratório de alevinagem, fábrica de ração e frigorífico de pescado.

No município, o governo do estado pavimentou 104 vias pelo Ruas do Povo com o valor de R$ 14 mi, além de aplicar outros R$ 5 milhões no setor produtivo, entre outros programas de governo voltados à entrega de 40 casas populares, 61 pequenos negócios e R$ 6,1 milhões no sistema penitenciário e mais de 42 mil imóveis regularizados.

Fonte: Agência de Notícias do Acre

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *